12/21/2007

Da série: E agora Paulo?

Uma desconfiança paira no blog do arauto da oposição, só faltando dizer que o Kia estaria usando a Medial para investir no Corinthians.
 
Como um 'planozinho' de saúde, que tem um lucro líquido de R$ 70 Milhões, sendo que no 3° trimestre faturou "apenas" R$ 16,8 Milhões consegue R$ 16,5 Milhões para patrocinar o Corinthians sem comprometer a 'saúde' da empresa?
 
Elementar... a Medial fez a aquisição da Amesp em março deste ano, investindo R$ 253 Milhões, absorvendo as empresas do grupo Imovesp (Administradora de Bens, Serviços e Participações), a rede de hospitais e maternidades Jaraguá, Iguatemi, Itacolomy I e II, Pronto Socorro Itatiaia, toda a rede de centros médicos da Amesp, o Novolab Laboratório e a Oral Pró Assistência Odontológica. A Medial já tinha captado também a E-nova Odontologia por R$ 2,1 Milhões em janeiro.
 
São 40 anos de experiência no setor, 1,4 milhões de beneficiários de planos de saúde, 96,4 mil beneficiários de planos odontológicos, 10 hospitais, 43 centros médios, 120 pontos de coleta de diagnóstico.
 
Agora lhes pergunto, se a Medial comprou um grupo maior e está em processo de fusão, qual será o lucro no próximo ano? Haveria maior exposição do que a camisa do Corinthians, permitindo inclusive que o clube tenha a manga liberada para outro patrocínio?
 
Fim da desconfiança!
Postar um comentário