4/13/2008

Furacão cobrará das rádios

 
Na onda do marketing de resultados financeiros, o Furacão divulgou que cobrará R$ 15 mil por jogo das emissoras de rádio interessadas em transmitir jogos do clube na Arena da Baixada.
 
Fechando os 38 jogos do clube na série A, o valor seria de R$ 456 mil. A justificativa é que as emissoras usam as instalações do estádio sem dar retorno para o clube, que poderia oferecer uma estrutura melhor qualificada.
 
O que a princípio pode parecer absurdo, vale lembrar que numa transmissão de futebol pelo rádio, o narrador insere cerca de 5 produtos diretos e mais 15 indiretos em média, dependendo da audiência. Porém nenhuma das rádios tem custo ou repasse para utilizar as instalações e, em muitas oportunidades - pelo menos em São Paulo, narradores fazem críticas abertas a banheiros, lanches, bebidas, entre outras coisas disponíveis (ou não). 
 
E como adiantou o Olavo Soares do Futepoca, é preparar-se para uma avalanche similar em outros grandes clubes do Brasil. E é nesses momentos que lamentamos ter a Fazendinha de estádio...
 
Postar um comentário