4/28/2008

Fiel Sofredor

 
A reportagem de Rodrigo Vessoni para o jornal Lance! mostra o outro lado de um dos projetos que o Corinthians lançou este ano: o sócio-torcedor.
 
Apelidado de Fiel Torcedor, o programa enfrenta críticas já conhecidas nos fóruns do Orkut: Dificuldade no pagamento parcelado, taxas de conveniências, demora no atendimento, falha nos brindes e vantagem zero para a inclusão de dependentes.
 
Tais ocorrencias tem frustrado quem pretende ingressar como sócio-torcedor, alguns sentem-se enganados e não finalizam a compra. Explodem reclamações. É nítido que o sistema precisa de ajustes.
 
Não fosse suficiente, a informação que circula no PSJ é que pouco mais de 600 torcedores 'compraram' a idéia, alimentando ainda mais os opositores a alardearem as campanhas frustradas da vitrine Corinthians.
 
Informalmente, conversando com um diretor do Corinthians, já houve uma reunião específica sobre o assunto e ajustes devem ser feitos até o início do campeonato. "A idéia não pode brochar!" disse o diretor.
 
A prática inédita no Brasil, é compreensível que não fosse funcionar 100%, mas a idéia, a prática e o resultado são, sem dúvida, motivo de elogios. Por enquanto.
Postar um comentário