4/17/2008

CopaBR: Retrospecto - Será que dá?

O Corinthians em 2008, na era Mano Menezes, tem 60,87% de aproveitamento. São 23 jogos, com 12 vitórias, 6 empates e 5 derrotas. Com 35 gols pró e 19 contra, o Corinthians computa 1,52 gols pró por partida e 0,83 gols contra. Os artilheiros da temporada são Dentinho (9), André Santos (7), Finazzi, Herrera e Acosta (3).
 
Selecionei 5 partidas do Corinthians como mandante neste ano em que o placar foi de 2 ou mais gols. Vamos relembrar essas partidas:
 
17.01 - Corinthians 3 x 0 Guarani
O Corinthians venceu seu primeiro jogo do ano e o primeiro da era Mano Menezes contra o Guarani, pelo Paulistão, com 2 gols de Finazzi e 1 de Dentinho. O Guarani foi um time sofrível o campeonato todo e safou-se na última rodada ficando com o 16° lugar.
 
23.01 - Corinthians 2 x 0 Paulista
Depois de uma péssima atuação contra o São Caetano, o Corinthians vence o Marília, que terminou o Paulistão em 12° num jogo feio, mas com destaque para Éverton Ribeiro e Dentinho. Os gols foram de André Santos e Acosta.
 
09.03 - Corinthians 2 x 0 Guaratinguetá
O Corinthians derrotou o líder do Paulistão, com dois gols de Dentinho. Esta foi a polêmica partida em que o volante Magal do Guará foi punido com dois cartões amarelos e continuou em campo a  partida toda.
 
30.03 - Corinthians 3 x 1 Marília
O "quase-gol" Herrera marcou dois gols nesse jogo, mas o árbitro Rodrigo Cintra anulou o primeiro. Diogo Rincón foi expulso e então o Marília empatou. Quando o jogo parecia ficar naquilo, o zagueiro Gum do Marília foi expulso. Mano acabou com o meio campo substituindo Fabinho por Finazzi. Dentinho avançou e chutou, no rebote André Santos  marcou. Quase nos acrescimos, numa jogada de Herrera, deixou Finazzi livre na cara do gol, chutou em cima do goleiro e no rebote, novamente, André Santos marca.
 
03.04 - Corinthians 2 x 0 Fortaleza
O Corinthians jogou com o Fortaleza, finalista do campeonato cearense pela Copa do Brasil. Na partida de ida, o Corinthians venceu o jogo por 2 x 1, mas como não teve competencia de ampliar o placar, a decisão ficou pro jogo de volta. No Morumbi o Corinthians jogou com facilidade. Diogo Rincón e André Santos fizeram os gols.
 
O retrospecto contra o Goiás mostra uma leve vantagem para o Corinthians, foram 38 jogos, com 13 vitórias do Corinthians, 14 empates e 11 derrotas, 53 gols pró e 41 contra.
 
Vale lembrar também que o Corinthians jogou sob forte chuva, num gramado alto e encharcado, a defesa que foi o ponto alto do Corinthians no Paulistão, vacilou também contra o Noroeste, Santos, Juventus e São Caetano. Apenas no jogo contra o Santos, em que a arbitragem foi decisiva, nos outros confrontos o Corinthians lancou-se ao ataque e acabou sofrendo 2 ou mais gols.
 
Os números e o retrospecto mostram que é possível o Corinthians reverter a situação no jogo de volta, porém o torcedor poderá sofrer fortes emoções, se a vontade de decidir a partida levar o time a desproteger a defesa e possibilitar vários contra-ataques do Goiás, onde uma vitória com passagem para a próxima fase será uma redenção e uma eliminação o reinicio do inferno.
 
Dados fornecidos e agradecimentos especiais para o blog Retrospecto Corinthiano.
Postar um comentário