12/08/2008

Xeque Tardelli

Que todos sabem que Wagner Tardelli foi barrado por Sérgio Correa devido a apuração de que o árbitro receberia ingressos para o show da Madonna no Morumbi, isso já foi divulgado.
 
O MP carioca apurou uma conversa entre secretárias ou a interceptação de um envelope endereçado ao árbitro com tais "presentes", assim para 'preservar' a arbitragem, decide-se a mudança de última hora.
 
Porém isso não foi suficiente para impedir a validação de um gol em impedimento, culpa do bandeirinha (que não foi substituido igual Tardelli), então legitimiza o gol, muda-se o resultado da partida, altera-se a história do jogo e tantos outros SE que justifiquem uma certa impotência adversária para o óbvio.
 
Mas e se Wagner Tardelli fosse um árbitro NON GRATO entre o pessoal do Morumbi? E se a escolha de Wagner Tardelli fosse uma ameaça ao Tricolor Paulista, já que um festival de Malas Brancas parecia ditar as regras da última rodada e mudar a taça de mãos? Como mudar o árbitro pouco tempo antes do jogo?
 
Que tal imaginarmos O CONTRÁRIO? E se isso foi uma armação para afastar Tardelli do jogo? Afinal, segundo o próprio árbitro, amigos e familiares do árbitro, nem de Madonna ele gosta, preferindo fácilmente trocar isso por algum show sertanejo.
 
Será que um dos tricolores fez isso visando impedir um pré-julgamento de Tardelli em campo? Qual time seria beneficiado? Será que um árbitro pode decidir uma partida? Será que existe alguém em um dos clubes tão inteligente que mandou isso exatamente para "tirar o foco" da arbitragem e favorecer alguém?
 
O São Paulo venceu, isso é fato, venceu o jogo e o campeonato, fechou 18 jogos invicto e mereceu pelo conjunto da obra, já o Grêmio foi a surpresa do campeonato, onde Celso Roth com o limitado time desbancou o Flamengo de Caio Jr. e o Palmeiras de Luxemburgo.
 
Óbvio, ninguém está falando diferente, mas fico pensando se estes protagonistas não são apenas marionetes, já que o verdadeiro jogo está nos bastidores. Em campo um jogo de Dama e fora dele um jogo de Xadrez. Quem é que ganha essa sempre?
 
Xeque Mate.
Postar um comentário