12/31/2008

No ano que vem...

Ano novo é sinônimo de renovação, de rever conceitos e promover novas metas e objetivos, por isso contarei um resumo do que aconteceu comigo e do que pretendo para o futuro.

Em 2006, perdi meu pai que também era meu contador e sócio, foi um momento terrível que absorvi muitas responsabilidades e o resultado disso foi uma crise hipertensiva e uma paralisia facil parcial por 40 dias. Quase tive um AVC e precisei mudar radicalmente de vida. O Corinthians quase caiu neste ano.

Em 2007, comecei a controlar a pressão, mas uma nova crise nervosa fez meu cardiologista ficar preocupado. O Corinthians ajudou bastante com aquele entra e sai da zona de rebaixamento e por fim, caiu. Na mesma época eliminei totalmente o sal, o açucar, carnes de porco e derivados, alimentos calóricos e inicio uma dieta com a ajuda de medicamentos manipulados com o objetivo de perder peso.

Em 2008, consegui financiar um apartamento, planejei meu casamento, tentei ficar mais calmo, relaxar e evitar a fadiga e qualquer tipo de estresse, então em 12 meses, saí dos 116Kg para os 86Kg, me livrei da possibilidade de diabetes, melhorei de vida, condicionamento físico, bem como estou mais disposto e pronto para começar uma nova etapa para chegar aos 72Kg nos próximos 12 meses.

Todo reveillon é momento de reflexão, contei esta minha história para mostrar que com determinação e vontade, podemos chegar onde queremos, basta focar... então o que desejo para 2009?

Desejo que Ronaldo não leve tanto tempo quanto eu para entrar em forma, quero que ele sinta novamente uma vontade de jogar, absorva a vontade da Fiel, que seja preciso como Neto, que vibre como Marcelinho, que toque como Sócrates, que tenha a vontade de Tevez, que faça gols como tantos goleadores, que as críticas sejam seu alimento, que a vibração da Fiel seja o motor, que 2009 seja repleto de coisas para a oposição ficar com dor de cotovelo e fica minha deixa, que tal 2009 ser o ano da superação?
Postar um comentário