12/02/2008

Especulemos!

Vamos especular?
 
Quem seria mais beneficiado SE o Corinthians conseguir uma MP ampliando o prazo de prestação de contas com a RF e consequentemente conseguindo a CND e apresentar projetos antes do final do ano para outras áreas, aproveitando-se da Lei de Incentivo ao Esporte?
 
Zerar a dívida com a RF, parcelando-a em suaves prestações atreladas ao Timemania e ter substancial investimento em outras áreas, poderá reduzir 1/3 da dívida do Corinthians e possívelmente sanar suas dívidas até 2011, no fim do mandato do novo presidênte.
 
Sanchez teria substancial vantagem ou Garcia entraria com a faca e o queijo nas mãos? Quem tem interesse maior nisso ou mesmo quem teria interesse em ADIAR a decisão visando prejudicar a candidatura de um ou de outro?
 
O que me deixa mais chateado é que ainda existem pessoas que pensem no bem pessoal acima do bem do Corinthians, que querem ostentar cargos, rótulos e aparecer dando entrevista do que realmente erguer o clube e fazê-lo algo maior, gente que se diz oposicionista e com forte influência política virando as costas por conta de frescuras e a justificativa é que não ajudaria Sanchez nisso, preferindo ver o clube na ruina a ajudar um adversário político. Pensamento pequeno, mesquinho e invejoso.
 
Será que os bastidores tem força na hora do voto dos sócios? Será que os sócios tem ciência dos comportamentos destes fora dos muros do Parque Sâo Jorge? Será mesmo que podemos confiar no que virá por aí? A continuidade da renovação ou a renovação do continuismo?
 
Que o Corinthians sobreviva com muita saúde, pois temos menos de 3 meses para definir o novo presidente do Corinthians, oficialmente, eleito pelos seus sócios, reais e em dia, devidamente recadastrados e existentes, que voluntáriamente vão decidir o futuro do clube em seu centenário.
Postar um comentário