2/07/2008

Subterfúgio também é omissão!

O estatuto atual do Corinthians, no art. 85, que fala da competência e funcionamento do CORI, o item R diz: "R- Denunciar ao CD erros ou irregularidades praticados por qualquer membro da Diretoria ou do CORI, indicando as medidas saneadoras e as providências que julgar necessárias, no exercício pleno de sua função;", ou seja, se um membro do CORI tem conhecimento de alguma irregularidade, deve tomar atitude para resolve-la.
 
A omissão também é passível de culpa, pois como cita o Art. 87: "O CORI tornar-se-á solidário com os culpados, se, ciente de irregularidades praticadas por qualquer membro da Diretoria, não propuser ao CD as medias necessárias à sua punição".
 
Um dos direitos dos sócios do Corinthians, conforme o Art. 25, nos itens F e G: "F- representar à Diretoria, reclamando por escrito contra qualquer irregularidade; G- sugerir por escrito, qualquer medida ou providência que julgar de interesse social;", mostra que o sócio também tem voz para expor irregularidades no clube.
 
Faço esta exposição dos itens do estatuto pois o Corinthians divulgou a situação dos contratos do elenco profissional, mostrando os percentuais e seus respectivos empresários. Então se existir qualquer irregularidade nela, QUALQUER SÓCIO que tenha conhecimento e provas do contrário, tem o dever e o direito de denunciar tais irregularidades e no caso de MEMBROS DO CORI que souberem de tais irregularidades, também podem fazê-lo e se forem omissos, serão coniventes e solidários ao 'culpado'!
 
Por isso de nada adianta esbravejar em blog a constante obsessão em contrariar as atitudes da atual diretoria do Corinthians, isso sim é pura fumaça, pois se tem conhecimento e provas do contrário, não se pode culpar outras pessoas se não a si mesmo de nada ser feito em benefício do Corinthians.
 
E como o estatuto mesmo diz, quem se omite se torna solidário!
Postar um comentário