2/22/2008

Manga, Calção e o Trocado

 

Calção também está à 'venda'
Timão já recebeu ofertas para anúncio em seu calção. Medial precisa ser consultada

O Corinthians também está aberto a ouvir propostas de empresas que queiram anunciar em seu calção. Como todo o uniforme pertence à Medial Saúde, empresa do ramo de seguros hospitalares que acertou por R$ 16,5 milhões e expõe sua marca no peito, o Timão tem direito, por contrato, a 15% caso venda manga ou calção. Este valor, porém, está sendo renegociado para 35%.

O GLOBOESPORTE.COM apurou que o Magazine Luiza tinha praticamente fechado para anunciar na manga e no calção. O valor, porém, foi questionado: R$ 4 milhões pelos dois anúncios. O Corinthians e a Medial acharam pouco. Nas últimas semanas, por exemplo, o Timão negocia um contrato de R$ 5 milhões apenas para a manga. A construtora Even estava entre as empresas cotadas para patrocinar o Timão.

Virou moda empresas que fabricam cuecas patrocinarem calções de times de futebol. Foi assim por exemplo com o Barras-PI, rival corintianoa na primeira fase da Copa do Brasil , que estamou a marca da Mash no calção azul. A Lupo também já patrocinou algumas equipes.

O Corinthians, porém, acredita que essas empresas pagam pouco e não tem interesse. A Mash, por exemplo, desembolsou R$ 25 mil por um jogo para o Barras. Por R$ 300 mil anuais o Timão nem começa a conversar com empresas interessadas.

Comentário:

A informação que tenho é de que a Magazine Luiza, que queria patrocinar a camisa e concorreu com a Medial, ofereceu proposta pela manga e, como bônus, também o calção, o valor? R$ 4,3 milhões e mais um adicional por título de R$ 800 mil. Outra informação é que a operadora Oi está oferecendo mais (não tenho idéia dos valores), mas o Corinthians aguarda uma decisão em conjunto com a Medial, pois o Corinthians considera pouco sobrar um valor abaixo de R$ 1 milhão por ano por conta da divulgação nas mangas e no calção. A discussão sobre o assunto pode render até o final do Paulistão.

Postar um comentário