2/12/2008

Coelho corre pro Galo

Recebi a informação de que o motivo da saída repentina (e definitiva) de Coelho, ao que tudo indica para o Atlético-MG, ocorreu por conta de ameaças que ele e sua família tem recebido, após seu retorno ao Corinthians.

Parte da torcida vinha hostilizando o jogador desde o seu retorno, assim com as ameaças acabou procurando o Galo para um possível acordo, afinal Coelho é ídolo lá. O Galo e o técnico Geninho querem o lateral de volta.

Com o aceno positivo do Galo, Coelho mirou na diretoria do Corinthians, que sem saber das ameaças, vetou qualquer negociação por empréstimo. Coelho só sairia vendido, tom compartilhado por Gobbi e Antônio Carlos nas entrevistas e conversas, logo após Geninho anunciar que o jogador estaria insatisfeito no Timão e queria voltar ao Galo.

Decidido, Coelho disse que não jogaria mais, independente de ser negociado ou não, assim a diretoria achou por bem vetá-lo para o jogo válido pela Copa do Brasil e acenar com bons olhos uma troca do jogador pelo atacante Éder Luis.

Coelho é um jogador marcado e perseguido pela torcida por conta do gol contra na Libertadores 2006, quando ele foi expulso e o time eliminado da competição pelo River Plate. Em seu retorno, foi muito criticado no empate contra o Mirassol e vaiado pela discussão com o zagueiro Chicão.

Postar um comentário