3/25/2008

Diretas Já: Aprovada!

Conselho deliberativo aprova eleições diretas no Corinthians
Por Agência Corinthians
 
Na noite desta segunda-feira, o Conselho Deliberativo do Sport Club Corinthians Paulista reuniu-se no Parque São Jorge e aprovou o novo estatuto do clube. A grande novidade, que fez a alegria dos torcedores que compareceram ao clube, foi a volta da eleição direta pelos sócios para a escolha do presidente do Corinthians. Além disso, a partir de agora, cada presidente eleito cumprirá um mandato de três anos sem direito a reeleição.

Confira abaixo o resultado final da votação da noite desta segunda-feira, que foi aberta:
- 220 votos a favor da eleição direta para presidente pelos sócios do clube
- 1 voto a favor da eleição do presidente pelo conselho
- 1 voto em branco
- 2 abstenções


Comentário:

Apesar da noite tranquila e da vitória esmagadora (e até surpreendente), alguns conselheiros tentaram de tudo para 'melar' a votação. Wadih Helu pressionou Alexandre Husni para dissolver a comissão, apontando 'irregularidades' fantasmas, numa tentativa de adiar a reunião e acabou saindo antes da votação. O presidente do conselho, Carlos Senger, fez lobbie para que a votação fosse fechada, tudo para proteger e continuar a eleição pelos conselheiros.

Enquanto isso, alguns conselheiros 'indiretos' faziam coro de apoiarem as diretas, como informou Silvio Romualdo Jr em seu blog: "O grupo liderado pelo conselheiro Rachid – leia-se Paulo Garcia, numa estratégia manjada e até esperada, manifestava e proclamava aos ventos que haviam mudado de opinião e que apoiariam as Diretas".
 
Na saída, alguns conselheiros receberam uma "calorosa homenagem" dos manifestantes (Torcedores, sócios, MFD, Obsessivos e Organizados) dentre eles: Approbato Machado, Antonie Gebran, Roque Citadini, Paulo Garcia, Rubão e Rachid. Tal atitude pode ser considerada uma resposta a indiferença que estes tiveram com relação ao estatuto.
 
A Fiel pode comemorar, o próximo presidente precisará de muita 'bala na agulha' pois os antigos acordos agora serão bem complicados. A oposição já se movimenta, mas algumas figurinhas carimbadas dificilmente terão alguma chance. Viva a democracia!
Postar um comentário