3/18/2011

Money, money, money!

futebol_dinheiro

Record oferece R$ 100 milhões, mas Corinthians desconversa.

Vejo a emissora do bispo desesperada para fechar a negociação.

Expor o valor oficialmente, sugerindo que seja apenas para a TV aberta, forçará os clubes a informarem os valores negociados e, caso a proposta acertada fique abaixo disso, poderá gerar discórdia na política dos clubes.

O problema não é o valor apenas, mas o que está envolvido como um todo. Não adianta o Corinthians aceitar R$ 100 milhões da Record se a Hypermarcas não tiver a mesma visibilidade e contratualmente forçe redução do patrocínio. Isso é apenas uma das situações.

A Record tem mostrado força na negociação, porém é estranho que anuncie valores antes mesmo de discutí-los com o Corinthians e Flamengo. Porém o tiro pode sair pela culatra.

Existe um boato de que uma das emissoras ofereceu, além dos valores para a TV Aberta, ajuda também para erguer o estádio, porém com um contrato longo de 5 anos. O Corinthians parece querer apenas 3 anos de contrato, pois sabe que em 3 anos, os valores podem ser bem maiores.

Postar um comentário