3/09/2011

Kaká, vale o investimento?

Segundo o jornal espanhol As, o Real Madrid tentará vender Kaká em Junho próximo. 

Vivendo seguidas lesões e sem se firmar no time, Kaká anda insatisfeito e não é novidade que tem o desejo de mudar de clube, sem sair da vitrine do futebol mundial.

A dificuldade da transação é o fato de Kaká ter 4 anos de contrato com o Real, recebendo 15 milhões de Euros por temporada, quase R$ 140 milhões no total. Real não quer sair no prejuízo e Kaká não aceita jogar por petrodólares.

Tem quem diga queo Corinthians já cogitou uma proposta pelo meia, num sistema similar ao que trouxe Ronaldo ao clube com parte dos salários bancados pelos patrocinadores e parceiros, fora um novo segredo de engenharia financeira (seria a tal parceria com a tv aberta que pagará a ampliação do estádio?) que o marketing guarda a sete chaves.

Kaká tem forte identificação com o time do São Paulo, é torcedor assumido. Que já pensou em fazer parte da estrutura administrativa do clube num futuro, mas que saiu sob protesto da torcida. O meia tem seus patrocinadores pessoais, altos salários e vem, como citado, de seguidas contusões. Se encaixaria no elenco alvinegro?

Entenda leitor, não estou aqui afirmando que o Corinthians vá contratar Kaká, que tenha feito ou fará proposta (até comentado pela jornalista Mônica Bergamo), apenas estou especulando se vale tal investimento.

Como torcedor, não acho que seria uma boa. Como investimento, tenho minhas dúvidas. Para o futebol, seria ótimo ter o talento de Kaká de volta ao Brasil. Já pensou?

Postar um comentário