1/12/2010

FPF emperra documentação de Moacir

A Federação Pernambucana de Futebol, na pessoa do diretor ténico José Joaquim, resolveu atender a solicitação do Central de Caruaru, e não enviar a documentação liberando Moacir para o Timão.

A FPF entende que o Central deva receber R$ 375 mil contra os R$ 101 mil que recebeu do Corinthians.

No contrato o União São João possui 45% dos direitos econômicos, que na verdade são da BWA, o clube pode ser um laranja na operação. A FPF pretente acionar o Ministério Público para saber quem é quem, mas é necessário autorização do Central, conforme revelou José Joaquim.

Moacir já treina no Corinthians, mas não assinou contrato e não foi apresentado pela diretoria alvinegra, o que aumenta a especulação de Sanchez tenha ido à Europa para trazer Rafinha.

Postar um comentário