2/25/2009

Quanto vale?

A empresa coreana de eletronicos Samsung ao final de 2007, conforme contrato que tinha com o Corinthians, tentou reduzir os valores de patrocínio após a queda do time para a segunda divisão do Campeonato Brasileiro.
 
No ano anterior, a Samsung chegou a pagar US$ 6,7 milhões, reflexo das bonificações de performace, por conta do título de 2005 e da vaga para a Libertadores 2006. O contrato inicial era de US$ 6,1 milhões por temporada.
 
Foram 2 anos e meio de parceria, mas a Samsung fez valer o contrato e obrigou ao Corinthians aceitar a redução ou encerrar o patrocínio. O Corinthians optou por encerrar.
 
A Medial Saúde bancou o valor, pagando em Reais, o maior patrocínio de camisa do Brasil, que ainda em 2009, não foi superado. Para esta temporada, o Corinthians aguarda proposta milionária das arábias.
 
Em 2008, a multinacional chegou a fechar acordo com a FPF, mas a falta de visibilidade e o alto valor de investimento, fez a Samsung desistir do circuito do campeonato paulista, atualmente patrocinada pela Pepsi.
 
Em 2009, a Samsung retorna como patrocinador do rival Palmeiras, num contrato de R$ 15 milhões, com várias clausulas de direitos de imagem, uso de placas no estádio e ações em marketing, superando oferta de renovação da Fiat e ainda por 3 temporadas. Dizem que a Fiat deve ainda os bônus pela conquista da vaga na Libertadores, conquistada após a saída do patrocinador, na repescagem contra o Real Potosí.
 
Do valor total, R$ 12 milhões são apenas do uniforme até maio, quando finda o contrato com a Suvinil, assim a Samsung terá opção de manter o uniforme de maneira exclusiva, pagando um aporte por tal privilégio.
 
Na outra ponta da história, temos a multinacional patrocinando o time do Chelsea, com o qual possui acordo até 2010, mas já demonstrou interesse em renovar. O contrato atual, assinado em abril de 2005, rende ao clube inglês uma quantia de 50 milhões de libras, aproximadamente R$ 170 milhões!
 
E no meio de tudo isso, teria a Samsung feito proposta para voltar ao Corinthians? Pois estou atrás da resposta desde o início do ano. Infelizmente não tenho mais contato com ninguém do marketing da Samsung, a empresa trocou de agência, mas meu contato anterior deu informações que a Samsung teria oferecido proposta para retornar ao Corinthians, mas que o Corinthians "esnobou" qualquer acordo inicial, isso até o final do ano passado.
 
Ontem tive a informação que a proposta de patrocínio foi real, que a Samsung teria ofertado o valor de R$ 18 milhões por temporada num contrato de 3 anos (contrato fechado em Reais) e que posteriormente ofereceu US$ 8,5 milhões (R$ 20 milhões) ao ano, também num contrato de 3 temporadas. O Corinthians teria pedido o DOBRO!
 
Obviamente que esta informação pode ser apenas uma especulação, já que não sabemos ao certo se a CEF, Carrefour, Emirates, Etihad, Magazine Luiza, Oi, Tim, Nestlé, HSBC, Bradesco, Itaú, AOC e tantos outros nomes fizeram realmente propostas ao clube, mas o que sabemos é que o Corinthians espera ultrapassar os R$ 20 milhões com Ronaldo no elenco. Alguns até apostam que vem estádio junto... mas é uma novela longe de acabar tão cedo, quem sabe até o clássico, jogaremos com os novos patrocinadores...
Postar um comentário