2/11/2009

L! Chat com Osmar Stábile

Conforme prometido, o chat com o candidato Osmar Stábile feita pelo Lancenet!

* O Chat foi re-editado para que as respostas correspondam às perguntas e meus comentários estão em amarelo itálico!

Paulin: Osmar qual o seu projeto para o tão sonhado centenário?

OSMAR STÁBILE: Paulin: Queremos montar uma comissão, assim que eu for eleito, com responsabilidade e autonomia para fazer os projetos do centenário. Teremos um ano para montar. Essa comissão vai trabalhar para viabilizar todos os projetos. O sonho é ter o tão sonhado estádio e ter jogos internacionais, marcos históricos no clube. Vamos trabalhar com afinco para conseguir aprovar os projetos.
 
Certo, vamos montar um estádio em um ano... começou bem!

Paulin: Osmar, sobre a enorme dívida do Corinthians, qual seu projeto para diminuição dessa dívida?

OSMAR STÁBILE: Paulin: 50% da dívida são de impostos, a Timemania cuida disso. Vamos buscar através do sócio-torcedor e outras atividade, buscar dinheiro. Queremos conhecer, através da tecnologia de informação, os perfis de sócios-torcedores para buscarmos recursos o mais rápido possível. Queremos saber que sócios podem nos ajudar através de suas empresas. Não conhecemos o perfil dos associados, queremos isso. Dar credibilidade à administração para que as empresas possam direcionar seus recursos para o nosso clube. Não pensamos em diminuir despesas, mas sim em buscar novas receitas.
 
O leque de "alternativas" exige a utilização da "tecnologia de informação" pois o "perfil do sócio torcedor" é tão mesclado, que confunde até mesmo quem entende do assunto, vejamos, digamos que 20% da torcida tenha um veículo acima dos R$ 40 mil, qual a ação que poderá ser tomada para tal "perfil"? Um ingresso mais barato em 20%? Uma troca de oléo no posto de gasolina credenciado do PSJ? Descontos na compra de cloro para a piscina da casa de veraneio do sócio? É bonito falar sobre, o difícil é dissertar corretamente sobre o assunto, pautando-o, mesmo que não fosse dito no chat, mas fosse demonstrado no site.

Olá Osmar! Queria primeiramente desejar boa Sorte a Você e saber se, caso Sr.seja eleito, se vai renovar o contrato Com Ronaldo fenomeno?

OSMAR STÁBILE: : O caso do Ronaldo não se trata de marketing. É necessário para renovar qualquer contrato trazer parcerias juntamente com o Ronaldo. Não podemos ser irresponsáveis de trazer o jogador e esquecer de trazer os parceiros. Acaba sobrando para o Corinthians pagar. Isso não pode acontecer.
 
Mas a questão então é, se não achar parceiros, demite-se o Ronaldo?
 
Paulin: Osmar, sobre o tão sonhado estádio qual é sua idéia para que ele saia do papel?

OSMAR STÁBILE: Paulin: É um caso tabu no Corinthians. Não queremos falar sobre estádio. Mas temos um projeto e assim que formos eleitos, nós iremos colocar para a apreciação do Conselho Deliberativo. Esse é o nosso sonho e um motivo pelo qual entrei na política do Corinthians.
 
Ué, mas na primeira pergunta, falou-se de estádio...

JPLDS: Senhor Osmar: Qual o seu ponto de vista sobre o Patrôcinio ainda nao definido do Corinthians?

OSMAR STÁBILE: JPLDS: Por análise, é pura falta de planejamento. Como eu disse anteriormente, quando o Ronaldo veio para o Corinthians os parceiros já deveriam ter sido negociados para que a gente não corresse esses riscos desnecessários que acabam prejudicando o andamento do clube. Nós entendemos que houver muita divulgação, que é a primeira parte do marketing. E faltou planejamento efetivo. Marketing é aquilo que se faz, não aquilo que se fala. Marketing não é um ciência exata, depende do profissional que está executando o trabalho. Nós pensamos em descentralizar o marketing, trazendo pessoas competentes e profissionais gabaritados para que a gente consiga vender tranquilamente a marca do Corinthians, que é muito forte.
 
Ok, tudo bem, vamos descentralizar o marketing, mas o que significa isso? Seria ter um marketing para cada setor? Teriamos o Marketing Jurídico que ajudaria a melhorar a imagem de nosso corpo de advogados? Teriamos o Marketing Social para "Cingapurar" nosso PSJ? Teriamos o Marketing Aquático, adesivando os fundos das piscinas com propaganda de creme dental? O Marketing do Senadinho para divulgar as conversas de maneira a não serem deturpadas por blogueiros? Afinal, Marketing é aquilo que se faz, não aquilo que se fala, né?

urtZin: Stabile, qual a sua definição para o termo que o sr. tanto usa em suas entrevistas: "tecnologia da informação"? O senhor sabe o real significado de tecnologia da informação?

OSMAR STÁBILE: urtzin, sim! Buscar o perfil do torcedor ou mesmo dos associados para que nós possamos negociar com eles patrocínios. E também acho que um time vale pela torcida que tem. Então, nós temos 30 milhões de adeptos e podemos buscar, evidentemente, recursos.
 
Vamos recorrer ao Wikipédia para a definição de "tecnologia da informação", vejamos... várias aplicações ligadas cuja as definições ninguém consegue determiná-las por completo... ah agora entendi, é como as denúncias contra o Kia, né? Todo mundo sabe, todo mundo conheçe, mas na hora de definir tudo, ninguém consegue! É mais fácil apenas dizer que o cara é mafioso (no Brasil, já que na Europa ele é recebido de tapete vermelho nos principais clubes do mundo).
 
toperafiel: Osmar, Boa tarde ! O que o senhor diz a respeito da diferença de 17 milhoes no caixa do Corinthians, boato, ou verdade?

OSMAR STÁBILE: toperafiel, pelos documentos que recebi hoje pela manhã, é necessário fazer uma verificação mais profunda. Porém, dá para perceber que os números foram modificados efetivamente.
 
Claro que os números foram modificados! Será que não leu o Painel FC da Folha? Aquele veículo de comunicação incontestável que recebeu mais uma nota oficial do Corinthians explicando o que seus jornalistas não conseguem entender por e-mail e telefone e que providencialmente semanas antes das eleições é publicado para promover uma conotação negativa da atual administração? Do que adianta ter no balanço uma dívida de 1 ou 15 milhões se, dentro de um processo auditado por um dos maiores escritórios do país, o Corinthians não "ganhará" ou "perderá" um centavo se quer?


Adriano: Poderia explicar o caso Wilson e o Daniel Grando?

OSMAR STÁBILE: Adriano, Wilson, em 2003, quando ele estava emprestado ao Corinthians e vencia seu contrato, o clube necessitava recursos para a contratação definitiva do jogador. Foi solicitado e resolvi ajudá-lo. O que dinheiro que participei foi doado ao Corinthians e o restante ficou com um empresário do ramo editorial. Não tenho nada para receber do Corinthians, minha parte foi doada. Daniel Grando foi solicitado R$ 30 mil. Não sei onde se encontra o jogador. Na ocasião, eu também doei esse valor para o clube.
 
Sério? Vamos usar o Google, procuremos pelas palavras: Osmar Stábile Daniel Grando Wilson e teremos diversas surpresas... quem sabe o eleitor tenha a memória curta, mas o Google faz lembrar! Antes a história não era bem essa... quem é que ficou alardeando pelos quatro cantos que o Corinthians lhe devia dinheiro????

Junior: Stabile por que você quer ser presidente do Corinthians?

OSMAR STÁBILE: Junior, eu penso numa administração moderna e de resultados. Nós queremos fazer uma administração com planejamento efetivo. Queremos mudar o conceito atual de administração de clubes. Fazer uma administração clara para que você possa receber recursos das grandes empresas e prestar contas, sim, a todos os adeptos do Corinthians. O clube não é meu, é de todos nós, portanto, precisa de uma administração de credibilidade. É isso que nos queremos implantar no Corinthians. Temos um projeto e acreditamos nele, nós podemos mudar!
 
Eu quero ser presidente do Corinthians para ir a todos os jogos junto com a delegação, pra babarem ovo pra mim, ficar no melhor lugar sempre e nada pagar, viajar e conhecer outras personalidades, gente importante mesmo e não aqueles pelegos com cara de "me dá um cargo aí", depois voltaria para o gabinete e receberia de braços abertos todas as ações movidas pelos conselheiros e sócios, faria questão de assinar a Folha de SP, bem como contrataria algum jornalista em formação para ser meu assessor direto pra ficar 24 horas na internet em local icognito, quando o time ganhar, vou pessoalmente dar entrevista, mas se empatar ou perder, sumirei alguns dias para "fechar um grande negócio". 
 
Theu[SCCP]: Boa tarde Osmar Stabile, O Sr pretende continuar o trabalho do atual presidente Andres Sanches, e quem o senhor pretende contratar no proximo periodo de contrataçoes?

OSMAR STÁBILE: Theu, nós queremos um time competitivo, com dois jogadores de primeira linha em cada posição. Não queremos contratações de baciada. Queremos fazer um planejamento para que a gente consiga ter um time competitivo, que esteja todos os anos entre os primeiros colocados. Iremos fazer a análise de alguns projetos e evidentemente que nós temos que dar continuidade a alguns que foram bons para o clube. Não podemos ser irresponsáveis de não dar sequência ao que é bom.
 
Queremos, mas sem dinheiro, não podemos, então compremos o que temos. Planejando, tudo dá!

Junior: Se você for eleito, Mano Menezes permanece?

OSMAR STÁBILE: Junior, nós temos percebido um bom trabalho do Mano Menezes. Agora, técnico só fica se continuar ganhando. Eu preciso conhecer seu planejamento para o ano e para os anos seguintes, para que eu possa responder, porém a princípio sim.
 
Técnico bom é aquele que ganha, vamos dar um prazo para o Mano, vamos ver, perdeu tá fora!

Rodrigo: Olá candidato, quem são os seus vices e que suporte e experiência administrativa eles lhe darão? Há algum Paulo Rosemberg?

OSMAR STÁBILE: Rodrigo, são Ilmar Schiavenato, advogado, atleta do Corinthians desde 1970, conselheiro vitalício. No esporte, ele conseguiu ganhar três Mundiais de remo, na direção do clube desde 1984. A outra vice é Maria Aparecida Fillippini, sócia desde 1995. É pedagoga, empresária do ramo de informática. Foi vice de esportes aquáticos desde 1995 até 2006. Não tem nenhum Rosenberg. Não queremos, queremos vários profissionais capacitados para vender a marca do Corinthians.
 
Fui proíbido de tecer informações sobre os vices da chapa de Osmar Stábile, porém peço encarecidamente que façam uma pesquisa de ambos entre os sócios do clube, conselheiros e diretores, pesem os prós e contras, vejam em que e no que estão envolvidos, antes de definir qualquer tipo de opinião.
 
urtZin: Caro Stabile, o sr. ainda deve se lembrar do "Caso Wilson". O senhor tirou do próprio bolso o dinheiro para bancar o atleta. Você afirma que deu o dinheiro, ou seja, não o cobraria de volta. O clube te devolveu esse dinheiro? Se devolveu, por que não foi divulgado esse pagamento?

OSMAR STÁBILE: urtZin, o clube não devolveu esse dinheiro e não deve nada para mim. Realmente, ele foi doado.
 
Oportunidade de cobrar, teve... agora, perdeu playboy!

Junior: O São Paulo vai disponibilizar apenas 10% dos ingressos para o Corinthians no clássico deste domingo. Como você agiria nessa situação?

OSMAR STÁBILE: Junior, nesse caso o São Paulo está cumprindo com a lei. Mas precisa ter um bom relacionamento com todos os clubes de São Paulo, para que se consiga algo através disso. A atual gestão do Corinthians não tem esse bom relacionamento. Todos os times de São Paulo deveriam remar sempre para o mesmo lado e buscar interesses em conjunto.
 
Bom relacionamento? Não tem que conversar com nenhum rival, já que isso é definido na FPF, que inclusive, para o Corinthians abrir mão dos mandos nos clássicos, manda mais jogos em sua casa, ficando assim com as rendas... mas claro, o candidato não sabe disso, prefere entender o que o Painel FC publica.

ALLAN-MGÁ: esclarecendo uma de suas respostas...eu quero saber como assim buscar pareiros para pagar a dívida do clube ? O que o PARCEIRO receberia por pagar parte da dívida corintiana ?

OSMAR STÁBILE: ALLAN-MGÁ, nós queremos buscar parcerias para trazer recursos e vincular os seus nomes ao nome do Corinthians, para licenciamento de produtos, que poderão ser muitos e não ficar restritos à empresas de São Paulo. Através da tecnologia de informação, vamos conhecer todos os nossos torcedores e como eles poderão nos ajudar. Nós poderemos buscar muitos recursos através dessas ações.
 
Produtos licenciados para cobrir a dívida? Claro, vejamos, podemos vender... automóveis, passagens de avião, imóveis, água engarrafada e o exclusivo software cyborgator que tem infinitas possibilidades de se imprimir petições, processos e todo o tipo de documento jurídico para ser "do contra". Tem que ser irônico pra respostas tão ricas de conteúdo!

Marcos: boa tarde sr Osmar, pq o senhor não apoiou o Paulo Garcia? A oposição dividida vai ser facilmente derrotada...

OSMAR STÁBILE: Marcos, essa é sua opinião. Nós entedemos que nosso projeto é muito bom. Nós queremos um Corinthians diferente e as pessoas pensam sempre na mesmice. São resistentes à quebra de paradigmas. Portanto, nós acreditamos no nosso projeto e vamos lutar. Queremos um Corinthians melhor, diferente, queremos um Corinthians maior do mundo e vamos lutar com afinco para conseguir isso.
 
Eu pedi pra brincar, mas ele me chamou de feio e bobo, então quero um brinquedinho só meu e não vou brincar com ele!
 
Rodrigo: Candidato Osmar, a timemania foi um fiasco, não é muito pouco contar com isso?

OSMAR STÁBILE: Rodrigo, na lei foi estipulado que os impostos serão pagos através da Timemania, então temos de acreditar que o governo irá fazer modificações necessárias para que consiga dar resultado. Isso é o que nós esperamos.
 
A curto prazo é uma boa, a longo prazo engessa os clubes mais fracos e diminui a arrecadação dos grandes... é necessário intervir para que a Timemania 2 também não prejudique o Corinthians na arrecadação!


ALLAN-MGÁ: Um de seus projetos é o Sócio Torcedor. Qual a diferença do seu projeto para o do implantado pelo Andrés Sanches ?

OSMAR STÁBILE: ALLAN-MGÁ, o Sócio-Torcedor tem uma linha-mestre. Onde todos os clubes trabalham, porém nós queremos intensificar esse trabalho, buscar centrais de informações em quase todas as cidades do interior de São Paulo e as principais cidades do Brasil, para que possamos ter a maior quantidade de sócios-torcedores. Temos exemplos no Brasil e no mundo, que esse programa dá resultado. É só acreditar e ir ao encontro desse projeto. O trabalho tem de ser forte. tem de ter determinação para que você consiga implementá-lo.
 
Toddynho e biotônico fontoura neles!
 
CONSIDERAÇÕES FINAIS

OSMAR STÁBILE: Quero primeiro agradecer a participação de todos os internautas pelas muitas perguntas inteligentes. E quero me direcionar diretamente ao associado, aquele que vota: quero pedir o seu voto para que nós possamos mudar a sistemática de administração em um clube de futebol. Com planejamento, acima de tudo, para que consigamos ter um clube social cheio de gente, um time competitivo, uma formação de atletas boa. Só assim, nós iremos conseguir mudar o Corinthians. Esse é o nosso sonho, nós podemos mudar junto com você! A chapa nossa é número 1. Vote com responsabilidade!Obrigado!
 
Agora é necessário afirmar uma coisa bacana do Stábile, pelo menos ele não precisou do pai e nem do espirito santo para responder as questões...
Postar um comentário