2/02/2009

Falemos de futebol

Confesso estar decepcionado com o Corinthians em campo, pois acreditava que o Timão entraria no Paulistão meio que chutando a porta, esmurrando o balcão, usando o banheiro de porta aberta, dominando o campo, o jogo e o campeonato, dando "Shouriuken" seguido de "Perfect" estilo Street Fighter, finalizando com um "Fatality" estilo "Mortal Kombat", resumindo, fazendo barba, cabelo e bigode!
 
Após 4 jogos e com 83% de aproveitamento, 2° colocado na classificação e o 2° melhor saldo de gols, vejo um time em campo capenga, buscando uma formação, jogadores se ajustando e tantos outros contundidos, então pra que serviu a pré-temporada antes dos outros?
 
No jogo contra o Oeste, o volante Cristian sofreu lesão no ligamento colateral medial do joelho esquerdo, alias, até na lesão o Corinthians faz propaganda da Medial, será avaliado hoje e por conta da entorse, já desfalca o time e é o 4° contundido em 2009.
 
O atacante Jorge Henrique sofreu uma pancada contra o Barueri, ficou 3 jogos fora e deve retornar contra o Barueri. Wellington Saci torceu o tornozelo contra o Botafogo e Douglas com lesão no púbis estão no DM juntos com Ronaldo Nazário, Acosta e Marcelo Oliveira.
 
Obviamente que perder bons jogadores no início da temporada é extremamente ruim, pois o prejuízo é grande, porém para o Paulistão, o importante é chegar entre os 4 primeiros.
 
Culpados? Bom, jogar a responsabilidade pra cima do preparador físico Flávio de Oliveira, que substituiu Flavio Trevisan, é esqueçer o histórico de ambos, pois poderia fácilmente criticar também o trabalho anterior, a evolução, a situação, mas prefiro usar um termo pouco utilizado nas "justificativas": O fator SORTE!
 
Aguardo a chegada de um clássico para avaliar melhor o futebol do Corinthians e o técnico Mano Menezes, como se portará em campo, além de sentir o que podemos esperar do time em 2009. Geralmente nestes jogos, começamos a ter certeza de quem é craque, quem é promessa e quem se omite. Jogador bom, pede jogo, assume, vibra e não se esconde.
 
Claro que meu "pessimismo" vem atrelado às frustrações fora de campo... mas sem esqueçer que sem dinheiro, nada se faz. Por isso, acho que o Corinthians fez muito, porém é pouco. Sem patrocinador, com as eleições, atrasos, Ronaldo, oposição, etc. O que olhamos em campo, acaba refletindo.
 
Não vou comentar sobre os jogadores e nem sobre o técnico ainda, é prematuro elogiar ou condenar, vejo gente colocando o Souza na fogueira, como se o Herrera fosse o Cristiano Ronaldo e o Souza pior que o Saniago "El Tanque", Régis Pitibull,  Mark Frank Williams, Rafael Moura ou Marcelo Ramos, não acho ele tão ruim assim, até o Herrera foi um porre no início fazendo valer a fama de "quase-gol".
 
Então, voltemos a falar sobre bastidores... (risos)
 
 
Postar um comentário