2/10/2009

Circo Paulista

Vergonha.
 
Esta é a única palavra que define o resultado do jogo Corinthians 1 x 1 Portuguesa, não pelos jogadores, técnicos ou comissão, nem por um clube e nem pelo outro, mas uma "pataquada" da FPF.
 
Vamos às irregularidades:
 
1) A paralização de uma partida de futebol, pelas regras, é de apenas 30 minutos, mas a interrupção do jogo teve mais de 1h30!
 
2) O árbitro informou que tinha encerrado a partida, para depois voltar atrás. Dirigentes e os capitães são testemunhas de que o árbitro encerrou oficialmente a partida.
 
3) Foi avisado no auto-falante do estádio o encerramento do jogo, assim mais de 10 mil torcedores foram para casa e não assistiram o restante da partida.
 
4) O árbitro informou na súmula que Mário Gobbi Filho o tinha xingado. Gobbi informou, em entrevista à rádio Jovem Pan, que trata-se de uma mentira do árbitro.
 
5) A Nota Oficial emitida pela FPF apoiando a decisão do árbitro, não tem "dono", ou seja, não é assinada por ninguém, já que Marco Polo Del Nero está fora de São Paulo.
 
6) Informações dão conta que a Portuguesa foi orientada a manter o aquecimento pois o jogo seria reiniciado, no Corinthians os jogadores tomaram banho, comeram e já estavam prontos para sair do estádio.
 
7) O tom de deboche do árbitro, que nega qualquer responsabilidade, dizendo que "recebeu orientação de cima" para aguardar até as 19h (49 minutos após a paralização).
 
E pq. o Corinthians não boicotou a partida? Bom, Mário Gobbi Filho diz: Esta seria uma decisão arbitrária, não é um procedimento normal do Corinthians!
 
Pois é Gobbi, mas esta seria uma excelente hora de mostrar que o Corinthians MANDA! O que parece é que "cariocamos" o campeonato paulista... cheia de caixas d´água e euricos! Muita gente mandando nessa tribo!
Postar um comentário