2/18/2009

Fenomenal!

NA TRAVE
Antes de ser o "Fenômeno", em março de 1993, Ronaldo Luiz Nazário Lima foi oferecido ao São Paulo de Telê Santana, que recusou o atleta por ter diversos jogadores para a posição, assim a empresa de Jairzinho,  ex-ponta direita do Cruzeiro, negociou e recebeu U$50 mil de seu antigo clube por 55% do passe do promissor jogador.
 
[Será que a diretoria do SPFC é incompentente por conta disso ou só a do Corinthians no Caso Hernanes?]
 
PRA FORA
O São Paulo ofereceu à Ronaldo, o REFFIS do clube para a recuperação do jogador, tentando seduzí-lo como fez com Ricardo Oliveira e Adriano, mas por força de seu contrato com a Nike, o local foi vetado, restando à Ronaldo se tratar no Flamengo ou no Corinthians.
 
DEJA VU
Ronaldo tem boas lembranças da Copa do Brasil, foi nesta competição que o jogador estreou entre os profissionais e conquistou seu primeiro título na carreira.
 
FARO DE GOL
Durante sua passagem pelo Cruzeiro, em 58 jogos, foram 56 gols, quase 1 gol por partida, sendo que neste período conquistou a Copa do Brasil e o Campeonato Mineiro.
 
PONTARIA
Nos treinamentos de finalização, Ronaldo acertou 94% dos 18 chutes a gol, convertendo 7 deles. Participou do coletivo no CT do Parque Ecológico num misto de reservas e titulares que não atuam desde o início do jogo e golearam a equipe Sub-17 por 7 a 0.
 
ESTRÉIA
Ronaldo pode aparecer contra o Palmeiras em Presidente Prudente, mas deve ficar no banco de reservas, entrando somente ao final do jogo dependendo do resultado. Provavelmente sua estréia como titular desde o início do jogo deve ocorrer na partida contra o São Caetano no Pacaembú.
 
EXPECTATIVA
A torcida está ansiosa pela estréia do fenômeno, nos principais fóruns de debate já começam os bolões para saber quando acontecerá a estréia e quando fará o primeiro gol como jogador do Corinthians.
Postar um comentário