9/03/2009

Um dia em preto e branco

A saga do aniversário do Timão do ABC até o centro de São Paulo.

Logo pela manhã, após tomar café, peguei a bandeira preta do Corinthians e pendurei na sacada do prédio. Vesti a camisa preta kick off, minha preferida, peguei minhas coisas e fui pra garagem. Lá encontrei o Síndico – também corinthiano – e já perguntei: Cadê a camisa? Ele diz que o jogo era amanhã e eu falo da campanha, ele concorda e diz que vai usar também.

Como moro em São Caetano, peguei a Av. Kennedy em direção à Av. Goiás e vejo algumas pessoas correndo ao lado da ciclovia com a camisa do Corinthians. Que dia bonito, muito sol, muito calor. Vejo uma guria com um top do Timão com o logo da Batavo, deu até vontade de tomar um batavinho, se é que me entendem? Porém na Av. Goiás, nada, nenhuma pessoa com a camisa do Corinthians.

Pego a Av. do Estado, não dá tempo de ficar olhando, mas dois ambulantes estão com a camisa do Corinthians. Pergunto se tem alguma coisa especial hoje e engraçado, nenhum deles sabia que era aniversário do Timão, bom, ponto pelo fato de usar o manto qualquer dia.

Alça de acesso da Radial Leste sentido centro, olha lá na Pte. da Liberdade (esqueci o nome), uma bandera pendurada. Kassab vai ficar feliz de ver sua “Cidade Limpa” vestida de preto e branco.

Adentro ao Centro, chegou a hora de estacionar e caminhar até o trabalho, vejo crianças com a camisa do Corinthians, mas não vejo mais ninguém, começo a desconfiar que o Dia do Corinthians cairia no esquecimento.

No computador, ao acessar a internet, lá estão os amigos divulgando, MSN, Orkut, E-mail, Twitter, Blog, fui bombardeado. Conferi as fotos do @diadosccp no Twitter, fiquei mega animado, afinal diferentemente de outras vertentes, parece que desta vez a campanha se torna um grande sucesso.

Almoço, que beleza, apesar dos convites para ir almoçar no Bar do Paca ou no Restaurante do PSJ, optei por algo mais próximo, afinal apesar de aniversário do Corinthians, é dia de trabalho. Almoçei no Chuletão mesmo, meus colegas não estão com a camisa pois tem de usar uniforme da empresa, mas uma camisa roxa sentava-se próximo de nós.

Voltei ao batente, trabalho, trabalho e mais trabalho. Por força do trabalho, preciso sair novamente, vou até o Tatuapé. Lá vou eu pela Radial Leste novamente, vejo uma camisa e uma bandeira, pouca coisa, volto desanimado.

Chego na empresa e SURPRESA: Chegou a minha camisa III! Muito bonita mesmo. Sem entrar na onda de roxo tudo que reclamam as organizadas, achei que esta ficou, sem dúvida, muito bacana, tanto que comprei.

Hora de ir pra casa, passo na frente do Metrô República: FESTA! Bandeiras, camisas, gritos: “Corinthians, Corinthians”, WTF!? Um bando de loucos faz uma verdadeira festa, fico alguns minutos observando quando parece brotar pessoas com a camisa do Corinthians, mas preciso ir, pego o carro e faço o caminho inverso.

De volta a garagem de casa, novamente o síndico, já de camisa do Corinthians, diz que foi bom lembrá-lo, pois passou o dia cumprimentando outros fiéis torcedores.

Já em casa, me livrando dos cupins alados com receitas caseiras e pulverizando o local para reduzir a temperatura, relato à minha esposa o dia, ela silenciosamente prepara o jantar, assiste a tevê e quando já estamos no quarto, ela sai do banho de calcinha preta e meu pin do Corinthians preso na lateral, assim a festa continua! :OP

Parabéns Corinthians!

Postar um comentário