9/13/2009

Enquanto a Globo fatura, os clubes…

FutebolInterior: Globo faturou milhões com cotas do futebol 2010.

A Rede Globo deu início na última quinta-feira às vendas das cotas de patrocínios. Em apenas 24 horas de negociações o setor de marketing da emissora conseguiu uma receita impressionante, faturando R$ 616 milhões ao vender seis cotas para as transmissões de futebol em 2010. Apesar disso, as negociações não incluem jogos da Seleção Brasileira, ou seja, não incluem a Copa do Mundo da África do Sul.
As seis empresas que compraram as cotas foram: Casas Bahia, Vivo, Volkswagen, AmBev e Itaú. Cada uma arcou com a quantia de R$ 116 milhões. O valor aumentou em R$ 11 milhões, pois em 2009 cada uma das cotas foram vendidas no valor de R$ 105 milhões. No pacote de transmissão da Rede Globo ainda inclui o top de cinco segundos antes dos jogos, que foi vendido pela bagatela de R$ 36 milhões para Coca-Cola.
Os patrocinadores do futebol da “toda poderosa” terão o direito de estampar suas marcas durante as partidas dos Estaduais, Brasileirão, Libertadores, Sul-Americana e da Liga dos Campeões, a mais nova aquisição da emissora. Ainda restam as cotas para a Copa do Mundo, que terão o valor de R$ 81 milhões. Ainda restam cinco anunciantes para o mundial, pois Coca-Cola já reservou uma.

 

Comentário: É impressionante que tais empresas prefiram patrocinar momentos do que clubes, ver as empresas citadas em todos os jogos vale mais do que vê-las associadas à um clube em específico. É o medo de ter seu produto rotulado ao time, como por exemplo a Coca-Cola que um dia foi patrocinadora de um clube paulista e viu seu produto ser boicotado. De resto, é muito dinheiro e realmente os clubes recebem ninharias, por isso nosso futebol é lamentável comparado com o de outras vertentes!

Postar um comentário