9/01/2009

PoupaFiel

Na coletiva de hoje, o Presidente Andrés Sanchez revelou que o Corinthians terá um fundo de investimentos para o futebol focado no centenário.

O anúncio oficial deve ocorrer no próximo dia 28, num jantar comemorativo.

O fundo é uma promessa de campanha da chapa de Andrés, onde o Corinthians intermediaria o investimento em um pacote de jogadores promessas, assim com uma boa campanha no time, poderiam ser vendidos nas temporadas seguintes e a diferença repartida entre os cotistas.

Inicialmente projetado para evitar empresários agenciando os jogadores da base, o fundo segue moldes já consagrados pela Traffic e Sonda, em que cotas são comercializadas para garantir bom percentual dos direitos federativos dos atletas, no caso um grupo gerido pelo Corinthians.

A vantagem do aporte financeiro é o fato do Corinthians evitar a saída imediata dos jogadores nas janelas de transferência e ainda contratar novos atletas.

Os lucros são uma icógnita, pois dependerá da variação em que o clube conseguiria arrecadar com tais jogadores para outros clubes e o preço pago por eles no início do fundo.

Justamente visando o lucro, que somente atletas da base ou com pouca idade serão incluidos neste investimento, portanto nada de nomes consagrados, mas com o dinheiro arrecadado mesclar tais jovens promessas com jogadores de renome, como Ronaldo e Riquelme.

O Timão sonha arrecadar de R$ 20 a 30 milhões. Para tal, convoca torcedores “bem de vida” com a tarimba de investirem mais de R$ 100 mil cada nesta nova empreitada alvinegra.

Para seduzir tais torcedores será demonstrado quanto alguns jogadores da base rentabilizaram o clube em negociações futuras, mostrando que é possível ter uma rentabilidade maior até que qualquer fundo de ações.

Resta saber se o Corinthians conseguirá seduzir tais torcedores ou se popularizará tal empreitada fazendo um “Título de Captalização” do Corinthians em parceria com algum banco… xi, falei demais!

Postar um comentário