1/12/2009

Quanto vale o show?

A diretoria do São Paulo não pestanejou em retirar TODAS as propagandas da LG de seu CT, estádio e camisa.
 
Inclusive com o anúncio de apartir desta semana, nas lojas oficiais do clube, serão vendidas camisas sem patrocínio com o modelo para a temporada 2009, identico ao de 2008 porém sem as propagandas no peito, costas e mangas, bem como a nova fonte para os números.
 
A idéia é começar as atividades desta segunda já com a nova camisa, prevendo uma arrecadação de R$ 2,5 milhões (supõe-se que a nova camisa, sem patrocínio, venda 40 mil unidades), o que garantiria um mês sem patrocínio da cifra de R$ 30 milhões estimada pelo clube para esta temporada. 
 
A Reebok corre para abastecer as lojas com o modelo, já que a solicitação foi feita pela diretoria do São Paulo para a confecção das camisas foi em cima da hora.
 
Em contra-partida, no Corinthians, a Medial Saúde colhe os frutos de ter sido a patrocinadora em 2008, assim os times da Copa SP, bem como os coletes e camisas usadas na pré-temporada, ainda estampam o patrocínio do antigo parceiro. Opositores calculam mais de R$ 600 mil de "bônus" pela exposição nestes primeiros dias. A Nike tem dificuldades para entregar novos modelos com rapidez, por isso a questão patrocínio ainda é tratada a 7 chaves, mas suspeita-se que já esteja fechada, aguardando apenas a R9, empresa de Ronaldo Nazário, completar a negociação das mangas, pois o calção já estaria também concluída.
 
É esperar pra ver, quanto vale o show!?
Postar um comentário