7/07/2010

Caso Bruno

Goleiro tem prisão decretada

Eis que a notícia abala o mundo do futebol, a rotulada inocente Eliza Samudio aparece como vítima inegável e inquestionável, apesar de fazer parte de um roteiro comum de quem queria se dar bem na vida.

A garota que já trabalhou em filmes adultos, participou de uma orgia na fazenda de Bruno em Minas, engravidou e cobrava a paternidade do goleiro do Flamengo e consequentemente uma gorda pensão.

Desaparecida e – conforme depoimento do sobrinho de Bruno - possívelmente esquartejada, o desfecho da história está longe de uma aposentadoria dos programas, eventos e festinhas entre boleiros com um final feliz ao lado de um filho com remuneração garantida.

Concretizando-se o fato, lamenta-se que o ídolo Bruno esteja envolvido nisso, o goleiro que “quase” pertenceu ao Corinthians na era MSI, que saiu por conta do técnico Leão e nem chegou a treinar no elenco, que ‘fugiu’ para o Rio para ser jogador do Flamengo será pivo da pior manchete esportiva do ano.

Postar um comentário