2/01/2010

Sangue nos olhos e faca nos dentes!

0,,35657871-DP,00

Silêncio no Tobogã.

A torcida adversária calou-se frente à vontade alvinegra em campo.

Incrédula, após 3 anos e 3 meses de chacota, assistiu o castelo ruir ainda mais depois do fracasso ano passado de perder a vaga pra Libertadores deste ano.

O bandeirão tomou conta da arquibancada verde e amarela. Em campo o Corinthians ditou o ritmo do jogo, ainda que sufocado pela ineficiente investida adversária.

Se com 11 conseguimos abrir o placar, com 10 mostramos algo que nos faltou no segundo semestre inteiro do ano passado: Raça, garra, vontade e determinação.

E não é que “São Jorge Henrique”, o baixinho que virou gigante, infernizou o adversário e marcou de cabeça? O destaque também pro Felipe que fechou o gol, sem borboletagem, fez o técnico adversário Muricy rasgar elogios ao arqueiro.

O adversário diz que foi injusto, mas não tem argumentação. O time deles sofre a cada gol de Love no Flamengo, deve doer assistir a Rede Globo insistentemente falar do “Império do Amor”, a virada deste domingo então no FlaxFlu, nem se fala.

Sei como é não ter armador e o ataque ficar dependendo de perebas, também sei da dor de perder um bom jogador mercenário para outro clube, saca o Nilmar, né? Pois é, ontem o adversário sentiu o gosto azedo da derrota e a dor de cotovelo de perder um “amor”.

O time continuando com essa “vontade”, vai ser difícil segurar o invicto Corinthians este ano!

Postar um comentário