2/08/2010

Arena Barueri x Pacaembu

Estaria o Corinthians interessado em mandar seus jogos em Barueri e pressionar a Prefeitura de São Paulo para reduzir o valor de aluguel do Pacaembú? Possivelmente.

Antes de mais nada, o time necessita treinar e por conta das fortes chuvas das últimas semanas, o gramado da fazendinha - reformado recentemente diga-se – não aguentou drenar o campo e está impraticável para qualquer tipo de treinamento.

A opção de ir para Barueri, em princípio, parte mais para uma questão logística e necessária, mas abre caminho para pressionar a Prefeitura de São Paulo, que cobra 15% da renda para utiização do Pacaembu.

Vejamos a partida entre São Paulo e Santos, que foi em Barueri por conta do show da Beyoncé no Morumbi, com 14.519 o time da Vila Sônia desembolsou apenas 2% da Renda Bruta de R$ 444 mil, ou seja, cerca de R$ 9 mil. Se o jogo fosse no Pacaembú, desembolsaria pelo menos R$ 66 mil.

Na capital, obviamente que um clássico atrairia pelo menos 8 ou 9 mil pagantes a mais, chegaria fácil aos 22 mil pagantes, o que resultaria num aluguel de R$ 100 mil ou maior e uma renda líquida também maior.

Estamos falando de uma bilheteria em partidas comuns, já que o Corinthians superfaturou o ingresso do Paulistão e inflacionou a Libertadores com borderôs que devem ultrapassar R$ 3 milhões, resumindo: R$ 450 mil de aluguel. Valor que pagaria facilmente salário de 5 jogadores carregadores de piano do elenco.

Não é preciso ser “esperto” para entender os motivos do time da Vila Sônia preferir Barueri ao Pacaembú, abrindo mão de um publico maior e renda melhor à pagar pelo despreparo da capital em receber clássicos. Assim como Palmeiras, Santos e agora o Corinthians ao acenarem com tal opção.

Barueri orfã de seu time, os times da capital sem alternativas para seus jogos, um refém do outro e no final uma conta errada, uma promessa vazia de concessão, o projeto do estádio em Itaquera cria teias de aranha e o torcedor fica indignado.

Até quando vai essa patifaria da Prefeitura? Nesse chove-e-molha-pra-cacete? Afinal se é pra colocar 15 mil em Barueri, melhor colocar 12 na Fazendinha! “Tá osso” esse joguinho de empurra, ‘né não’?

Postar um comentário