2/22/2010

Saldão do pancadão

ESPN: Torcedor morre em briga pós clássico
O saldo do clássico Palmeiras e São Paulo: 6 brigas, 1 morto e 20 feridos, além da interdição por mais de 1 hora da Rodovia dos Bandeirantes.

Antes de criticar a torcida A ou B, é necessário entender que a rivalidade entre tais torcidas é similar ao que ocorrem com as gangues de rua cujo propósito é reduzir a população adversária.

Não interessa mais apoiar o time ou o clube, o interesse é defender as cores de sua gangue, onde a cor predominante não são as cores da torcida, mas sim o vermelho de sangue.

Resolver? Pode ser que seja necessário uma ação no intuito de manter tais marginais retidos durante os jogos, quem for pego em flagrante, deveria durante os jogos, ser privado de ver seu clube por um bom tempo. Policiamento mais ostensivo nas áreas mais afastadas do estádio também ajudaria.

E finalmente a resolução mais radical de todas, nada de torcida única, nada de entrada mista ou separada por quilômetros de distãncia… a solução seria a transmissão única e exclusiva pela televisão sem torcida! Afinal, sem torcida, sem brigas, sem mortes, certo? Nem tão radical assim, afinal o espetáculo do futebol é a torcida.

Esperamos que as autoridades, que as torcidas e que a população em geral, encontrem um caminho de paz, pois é mediocre reduzir o espetáculo das arquibancadas em um bando de arruaçeiros com paus e pedras nas mãos praticando selvageria, já estamos em 2010, não dá pra entender isso… lamentável.

Postar um comentário