1/07/2008

Vai mais um processo aí?


Hoje li que Cyborg foi um dos principais responsáveis pela vitória de Andrés Sanches nas últimas eleições para presidente do clube.
 
Mas no dia da eleição, Cyborg entrou com uma ação judicial pedindo a anulação da eleição.
 
Isto não me parece muito lógico, diria até contraditório.

O mesmo texto compactua com a opinião de Cyborg, de que o grande responsável pela queda  do Corinthians para a segunda-divisão seria o presidente Andrés "por não ter tomado atitudes necessárias, no departamento de futebol, porque temia ficar marcado pelo rebaixamento, e deixando tudo como estava, teria como jogar a culpa em seus antecessores".

Não sei se qualquer atitude que fosse tomada, como o afastamento de Gebran, seria uma arrancada para livrar o time do rebaixamento.

O grupo estava deteriorado, o clima era péssimo, jogadores de baixíssimo nível técnico, para quem se recorda, o Corinthians já era candidato ao rebaixamento por alguns setores da crônica esportiva desde o início do campeonato.

Até para ser oposição, é preciso ter critério, bom senso e principalmente inteligência para não correr o risco de cair no ridículo.
 
 
 
Comentário do Bloggueiro:
 
Rolando Wohlers, também conhecido como Cyborg, é ferrenho opositor de Alberto Dualib e suas crias, mas é bem mais conhecido por seu temperamento inconstante e sua vontade absurda de acionamentos judiciais. Até onde sei, Cyborg tentou 'melar' a eleição tampão, dizendo que Sanches, Stábile e Garcia, que são conselheiros sem serem ratificados por uma assembléia geral dos sócios estavam irregulares para as eleições e entrou com uma ação na 4ª Vara Cível de São Paulo na tentativa de se tornar uma opção frente a impossibilidade de outros líderes. Já levou sopapos de Edgar Soares e agora protagoniza um LAMENTÁVEL OPORTUNISMO creditando a culpa do rebaixamento EXCLUSIVAMENTE a Andrés Sanches e uma pseudo inércia por conta da sucessão em 2009. Cyborg não está arrependido, está magoado, pois o guarda sol alvinegro foi pequeno demais e deixou-o no sol...
Postar um comentário