1/25/2008

Timão sonha com Marta

Por Cosme Rímoli - Agência Estado

Contratar a meia-atacante Marta, eleita pela Fifa como a melhor jogadora de futebol do mundo nos dois últimos anos. Este é o grande sonho do presidente Andrés Sanchez para a formação do time feminino que o Corinthians quer montar.

"Queremos ter o melhor time feminino do País. E para isso queremos começar com a principal jogadora, que é a Marta", revelou o vice-presidente de marketing do clube, Luiz Paulo Rosenberg.

O plano do Corinthians seria conseguir um grande patrocinador para contratar Marta, uma corintiana assumida. E, a partir disso, montar uma equipe que poderia atuar antes dos jogos do time masculino.

O presidente Andrés Sanchez já avisou também que deseja um time forte de basquete. "Nós já temos o patrocínio acertado com a prefeitura de São Bernardo. Montaremos duas boas equipes, tanto no masculino como no feminino. Estamos começando com calma, mas o nosso plano é para em 2009 montarmos equipes para ganhar títulos", contou o vice-presidente de esportes terrestres do clube, Felipe Ezabella.

"Nós teremos também grandes times de futsal masculino e feminino, além de society. Tudo isso sem colocar um tostão, só com patrocinadores bancando. E é bom falar que ainda não temos patrocínio fechado para as camisas desses times", disse Felipe Ezabella. Segundo ele, no entanto, o Corinthians ainda não tem condições de montar equipes de vôlei. "Não dá para bancar R$ 4 milhões por ano com cada equipe de ponta. Deixamos esse projeto para os próximos anos."

Segundo Felipe Ezabella, o técnico Ricardo Navajas, atualmente no comando da seleção venezuelana masculina de vôlei, ficou de tocar o projeto de revigoramento do esporte amador no Corinthians. "Ele disse que se não classificasse a Venezuela para a Olimpíada iria trabalhar conosco. Como classificou, tudo ficou adiado para depois de agosto", explicou o dirigente.

Além disso, o Corinthians acaba de fechar um intercâmbio com Angola. A idéia é levar jogadores profissionais para dar palestras no país africano e trazer garotos angolanos para "aprender" a jogar no Brasil.

NOVIDADE - O Corinthians lançou nesta quinta-feira o Projeto de Ações de Responsabilidade Sociais. Associado à Cooperativa de Trabalho de Esportes Práticos, o clube colocará ex-jogadores para ensinar futebol para meninos carentes. Além do esporte, esses garotos terão direito a aprender computação dentro do Parque São Jorge.

"Nós não pensamos só em formar jogadores, mas queremos cuidar da nossa responsabilidade social. Há muita pobreza no Brasil", afirmou o presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, durante o lançamento do projeto.
 
Comentário:
 
O futebol feminino engatinha no Brasil, deveria ser visto com mais carinho, não apenas pelo Corinthians, mas pela mídia, pelos clubes, pelas federações, pela CBF, por todo mundo. Não apenas para ser sparring como os masters antes dos jogos, afinal se mulher pode apitar, também pode jogar!
 
E como antecipei, Ricardo Navajas está próximo de ser mais um grande nome para o Voley do Timão. Todas as medidas tomadas, tem como objetivo a participação, exposição e principalmente títulos, como os já conquistados pela Natação em pouco tempo sob nova direção.
 
Sobre a responsabilidade social, é a bandeira que Caetano Matanó vem fazendo de longa data e que foi incorporada pela atual gestão.
 
Até então, parabéns ao Timão!
Postar um comentário