1/28/2008

Choro e Ciúmes

São Paulo encaminha oficio contra árbitro
Clube pede à Federação Paulista que Salvio Spinola não apite mais jogos do Tricolor
 
O São Paulo fez o que era planejado e encaminhou um ofício à Federação Paulista de Futebol, pedindo que o árbitro Salvio Spinola Fagundes Filho não seja mais escalado para apitar jogos do Tricolor. A diretoria está revoltada com a atuação do juiz no clássico contra o Corinthians, no último domingo, no Morumbi. A partida terminou empatada sem gols, e os dirigentes são-paulinos reclamam do gol anulado de Adriano e de um pênalti não marcado sobre Dagoberto.
 
- Tomamos as nossas providências, porque o São Paulo foi prejudicado de forma escandalosa. Se depender da nossa vontade, ele não apita jogos nossos nunca mais. Não poderia olhar para o torcedor do São Paulo se não fizesse nada a respeito - explica Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, vice de futebol do Tricolor.
 
 
Comentário:
 
Infelizmente o presidente da FPF, Marco Polo Del Nero, deve acatar tal pedido, pois é mais fácil um árbitro, que tanto faz e tanto fez, ser afastado do que um clube deixar de ter um pedido atendido. Porém tal situação abre um precedente que já conhecemos bem. Agora os árbitros vão deixar de apitar o certo com receio de terem o mesmo destino de Salvio e 'bambiar' nas decisões em favor do time da Vila Sônia.
 
O Corinthians foi muito mais prejudicado com o critério dos cartões, pois uma expulsão naquele momento do jogo, daria uma enorme vantagem ao Corinthians que, por sua vez, a possibilidade de existir jogadas 'duvidosas' seria nula. E nem por isso o Corinthians fica choramingando.
 
Time de macho não reclama pra se desculpar de seus próprios erros. Torcida de macho não fica melindrada por não ter seu grito da torcida com legenda na Globo. O resto é puro ciúmes.
Postar um comentário