1/07/2008

A bomba que não estourou!

O Corinthians esteve muito próximo de acertar o retorno do meia Jorge Wagner, do Real Betis e que até a temporada passada estava emprestado pro time da Vila Sônia.
 
O Real Betis possui uma pequena pendência financeira com o Timão, assim para fazer um negócio "bom para ambas as partes" o próprio Betis ofereceu o jogador em definitivo para abater a dívida, desde que o Corinthians completasse o valor restante.
 
Porém a falta de dinheiro do clube forçou a diretoria a tentar negociar o parcelamento do valor ou até mesmo o empréstimo, mas o Betis só aceitava vender o jogador e acabou usando o Corinthians para inflacionar a proposta do time da Vila Sônia.
 
Leco (VP de futebol do time da Vila Sônia) ficou amedrontado de perder seu melhor jogador para o seu principal rival e que acabara de cair para a Série B, o que seria uma vergonha imensa, e encaminhou nova proposta para ter o jogador em definitivo, pagando praticamente O DOBRO do valor inicial negociado.
 
Sem ter como cobrir a oferta, a diretoria do Corinthians desistiu da negociação e tentou mirar em Rafael Sóbis por empréstimo, mas o Betis conta com o jogador para a temporada e, apesar de Sóbis ver com bons olhos um retorno ao Brasil, seu empréstimo é praticamente inviável para a atual realidade do Corinthians. Quem sabe num futuro?
 
Jorge Wagner teria inclusive feito testes físicos no consultório do Joaquim Grava e aceitado verbalmente a proposta financeira do Corinthians.
 
Ninguém por parte do Corinthians ou do jogador consultados por este bloggueiro chegaram a confirmar ou desmentir a história.
Postar um comentário