12/19/2011

Quem chega e quem vai?

A primeira questão à ser considerada é se um time campeão nacional precisa de reforços? Sim, precisa!

O time é bom, mas é necessário um elenco com reposições para enfrentar campeonatos em alto nível, se possível disputando títulos em todos eles.

Até o momento, o Corinthians fechou com o atacante Gilson do Amaral (Jubilo Iwata), o zagueiro Felipe (Bragantino) e o meio-campista Vitor Júnior (Atlético-GO).

Em negociação temos o goleiro Cássio Ramos (PSV Eindhoven) e o meio-campista Montillo (Cruzeiro). Este último, uma verdadeira novela nos moldes de Riquelme e Vágner Love.

Outro atleta que está retornando de empréstimo e pode ficar é o atacante Bill, que teve um bom início de temporada no Coritiba.

Existe também a inevitável negociação de alguns atletas do elenco, no caso Ralf que está na mira de Milan, Juventus e Inter de Milão, que também deseja Paulinho. Ambos expressaram seu desejo de permanecer no clube, porém uma boa proposta poderá tirá-los do Corinthians.

Morais segue no grupo, mas poderá ser emprestado para Bahia ou Goiás. O destino do goleiro Renan, dos volantes Moradei e Bruno Octávio, além de Taubaté ainda são incertos.

Na lista de rumores: o zagueiro Roger Carvalho (Figueirense), o meio-campo Douglas (Grêmio), o meio-campo Guilherme (Portuguesa), o zagueiro Edson Silva (Figueirense) e o atacante Nilmar (Villarreal).

E por fim, na lista de improváveis, o sempre lembrado atacante Carlitos Tevez (Manchester City), que pode ir pra o PSG, Juventus ou Milan, mas deseja mesmo é retornar para a Argentina e jogar a Libertadores pelo Boca, e os meias Seedorf (Milan) e Kaká (Real Madrid), todos sonhos de marketing de Rosenberg.

A grande verdade é que o Corinthians precisa primeiro definir seu ataque, pois Liedson já deu demonstrações que não tem como enfrentar uma maratona de jogos e Adriano que, na boa, não está demonstrando a vontade que disse ter naquela entrevista ao Fantástico. A parte positiva é que fez um gol decisivo contra o Atlético-MG e não se envolveu em escândalos. Será que William e Bill seguram essa onda?

O início da temporada 2012 promete, pois o primeiro reforço (?) foi a permanência do técnico Tite, ou seja, será um ano com fortes emoções.

Postar um comentário