3/27/2009

Timão, Ronaldo, Rubinho e Casagrande!

Depois de viver o drama da reabilitação, Casagrande aprendeu outra dura lição: a de escolher corretamente os amigos.

Desde que deixou a clínica, em outubro do ano passado, o ex-jogador diz que não há outra forma a não ser evitar as más companhias.

"Eu fiquei um ano inteiro me recuperando, faço terapia de segunda a sexta-feira. Hoje estou vendo ainda como as pessoas estão me recebendo. É uma palavra forte, mas estou peneirando os amigos próximos, as pessoas mesmo", afirma.

Após reconhecer que pensava muito na família no começo da recuperação, Casagrande diz que somente a própria pessoa, buscando forças dentro de si, pode alcançar a libertação das drogas.

"No começo você faz pelos outros, mas você tem que fazer por você. Colocar na cabeça que 'eu' tenho que me recuperar. O dependente químico coloca sempre a culpa em outros problemas, mas o doente é você", concluiu o ex-jogador.

Leia a matéria de Rafael Prada do UOL, clicando aqui!


Comentários: Olha Casão, dentro de campo, você é um ídolo do Corinthians, porém como todo ídolo também pisa na bola fora das quatro linhas. Você pisou ALÉM. Sempre criticou o Corinthians e mostrava apenas o lado ruim nas transmissões, desdenhou de festas e premiações, afirmou torcer para outra agremiação – não que isso seja um agravante, pois você poderia apenas deixar isso de lado – mas acabou recebendo o que plantou. Lamento profundamente que tenha passado por isso, lamento que tenha se envolvido com essa dependência química das drogas, mas quero que saiba que, ainda magoado com o que fez fora de campo, mereceste a homenagem do pessoal da Loucosporti, feita ontem no Estádio Preto e Branco. Saibas que torço por sua recuperação… e sim, assim como o Corinthians, o Ronaldo, o Rubinho, podes dizer “EU VOLTEI”. E lembre-se com muito carinho de quem NUNCA TE ESQUEÇEU: A FIEL TORCIDA que viu você com Sócrates, Biro-Biro e Wladimir!

E como um dia eu cantei no Pacaembú, em sua passagem pelo Flamengo, assistindo depois você marcar um gol contra: “Volta Casão, seu lugar é no Timão!”. [ Nem que seja para palestrar sobre como não entrar nas drogas… ]

Postar um comentário