3/03/2009

Festival de OFFs

Atenção: não acredite 100% nas linhas abaixo, pois trata-se de uma ESPECULAÇÂO! Fruto de conversas que tive com pessoas do clube e gente da mídia também interessadas no assunto.
 
 
QUE PATROCÍNIO?
 
O Corinthians estaria negociando um patrocínio tão espetacular que valeria a espera. O anúncio do patrocinador poderia frustrar inicialmente pois o patrocinador não teria um nome, nem seria apenas uma única empresa fazendo parceria, mas um grupo de investidores que sublocaria o espaço para outras empresas, o grupo negociaria tais valores, prazos e imagens extra-campo, como o uso da imagem dos jogadores em comerciais, spots de rádio e internet, entrevistas, programas esportivos, além de amistosos, placas publicitárias e ações antes, no intervalo e após as partidas. A idéia teria fundamento após a investida da R9 em atingir valores para mangas e calção superiores às previamente estabelecidas pelo clube e o Fenômeno.
 
 
BÔNUS MEDIAL
 
A Medial Saúde, apesar do final do contrato, foi usada de maneira estratégica, determinando o quanto haveria de exposição da marca sem aparecer na camisa principal. Costurava-se um sub-patrocínio, que apareceria fora do fardamento principal de frente e costas da camisa de jogo, onde seria estampada em bonés, camisas de passeio, treinamento, etc. A exposição de Ronaldo e das imagens dos treinamentos superaram as expectativas, mas justificá-las ao mercado poderia expor a vontade do clube de ter mais de um patrocinador.
 
 
PALMEIRAS & RONALDO
 
A estréia do jogador parece que ocorrerá mesmo contra o rival. A presença de Ronaldo em campo junto com os patrocinadores podem ser anunciados até sábado, apesar da superstição de Sanchez em adiar tais possibilidades para o jogo seguinte, teoricamente um jogo mais fácil contra o São Caetano e jogando em casa no Pacaembú.
 
 
RESUMINDO
 
O estranho de tudo, é que a maioria das informações acima vem sendo comentadas informalmente por pessoas diferentes de áreas diferentes como blogueiros, jornalistas, colunistas, diretores, todos tem uma "versão" parecida com o relatado acima, o que explicaria - mas não justificaria - a demora e a forma aparentemente amadora como parece ser conduzida tal negociação. Fato que gera inúmeras afirmações (inclusive deste blog) de fontes do Corinthians, que parecem não falar a mesma língua, pois pessoas de um mesmo departamento fazem seus "offs", um dizendo que o acordo foi fechado com sucesso e outro dizendo que o acordo naufragou e que o plano alternativo seria acionado. A semana promete...
Postar um comentário