2/03/2011

Quando nada adianta…

Tem quem diga das lições que aprendemos, seja observando os outros, seja conosco ao cairmos do cavalo.

O Corinthians NÃO tirará lições desta partida, nem na próxima derrota, nem na próxima eliminação. O passado já nos mostrou isso.

Você pode até criticar a diretoria, o técnico e os jogadores, mas era um script anunciado desde a 3ª e incomoda colocação no Brasileirao 2010, que o time de Tite não tinha poder de criação, onde o empate sempre foi um bom resultado.

Poderia até revoltar-me para destruir o patrimônio do clube, afinal se não é por amor, que seja pelo terror.

Jogadores fadados ao fracasso de seus passados, outros ganhando mais do que toda a torcida dos Gaviões juntos, outros tantos sem nenhum comprometimento, afinal de quem é a culpa de estarmos na situação de hoje?

Mano foi, Elias foi, Cristian e André Santos foram, Douglas foi, William foi e outros tantos como Rivellino, Neto, Sócrates, Casagrande, apenas para dizer que pessoas vem, pessoas vão, mas o Corinthians é ainda o time da vitrine.

Percebi torcedores tão anti-corinthians que realmente a inveja é uma merda. Você não vê acontecer com outros clubes.

A realidade, o que sentimos hoje, um pouco de frustração de sairmos da festa sem ter a certeza de entrarmos, a vergonha de ter um time em que um único jogador pagaria o salário de todo o time adversário, a esperança abalada pela raiva, voltamos aos tempos sombrios e tenebrosos, onde  a fé está sempre sendo questionada.

Não quero imprimir palavras de motivação, quero apenas dizer que a vida segue, domigo tem mais, pro bem ou para o mal… #vaicorinthians

Postar um comentário