2/14/2011

Ele disse adeus

charge16 A coletiva de Ronaldo foi marcada por fortes emoções.

Visivelmente abalado e medindo as palavras, o ex-jogador tratou de agradecer pessoas, clubes e empresas que estiveram ao seu lado.

Pediu desculpas pela ‘falha’ na Libertadores. Isentou a torcida como motivacional para a sua aposentadoria.

A dor era maior. Descoberto um hipotireodismo à 4 anos, atualmente não conseguia subir escadas sem precisar de medicamentos permitidos para evitar dopping, mas insuficientes para livrá-lo do incômodo. O corpo, como resultado disso, aumentava de peso.

Chorou, tremeu, emocionou… estava alí não apenas o ex-jogador do Corinthians, mas um mito do futebol mundial.

Lamentou sim, quando a apaixonada torcida, cega por conta da atuação bizarra de todo o elenco, enfrentou seus heróis, ainda assim isentou, desculpou-se e quer continuar a ser o para-ráio.

Disse que assistirá aos jogos do Corinthians, que se sente um torcedor, parte do bando. Bando de loucos.

Não dava mais, de todas as batalhas de superação, desta vez a dor venceu.

Parabéns Ronaldo, aceitei suas desculpas e aceite as minhas, não deixei e nem deixarei de ser seu fã. Ver seus gols com a camisa do Corinthians não teve preço. Valeu!

Postar um comentário