8/04/2010

Felipe na Band, Sanchez liga e rebate!

Felipe após a coletiva falou com a Band sobre o que tinha acontecido e Andrés Sanchez ligou para a produção da emissora e pediu para entrar no debate.

Sanchez e Felipe discutiram em rede nacional e ficou claro a divergência entre os dois: “Por vários motivos, o Genoa acabou não acertando com o Felipe. Ele pediu para voltar a treinar, e eu disse que poderia voltar, mas em horário diferente dos outros. Simplesmente foi isso o que aconteceu”, explicou Sanchez. “O Felipe é um jogador que pode jogar no Corinthians normalmente, só que tem buscar o espaço dele novamente.”, desabafou.

“O único jogador que veio na minha sala em dois anos e meio foi o Felipe, e foi recebido. Vamos deixar as coisas bem claras: um dos empresários do Felipe me ligou falando da proposta do Genoa e eu disse que liberava se fosse bom para o clube e o jogador, mas vocês têm que falar com o Mano Menezes e o Mário Gobbi”, prosseguiu Sanchez. “Depois, o Felipe quis deixar a concentração de táxi e ameaçou ir embora do clube. Ele não veio mais treinar no Corinthians porque estava resolvendo os problemas dele na negociação.”

O ex-goleiro titular do Corinthians, por sua vez, rebateu as afirmações do dirigente e assegurou que a diretoria do clube praticamente o obrigou a rescindir seu contrato. “O senhor é o presidente e fala mais alto, mas então precisa conversar com o Mário Gobbi (diretor de futebol). Porque o Mário me chamou para dizer que eu não fazia mais parte do elenco e deveria rescindir o meu contrato”, afirmou Felipe.

Andrés Sanchez, por outro lado, rebateu: “Eu não sei o que ele (Gobbi) falou para você. Você não fez a coisa mais horrível do mundo, mas você sabe que errou. A diretoria também deve ter errado, mas ninguém aqui está menosprezando você. Vamos colocar os pingos nos 'is'. Eu não estou chamando de mercenário. Eu não quero te prejudicar em nada”, disparou o cartola.

Por fim, Sanchez sacramentou: “Se você vier na minha sala e devolver as luvas que eu te paguei no ano passado, eu te libero na mesma hora.”

Postar um comentário