3/09/2010

Muda de crise, regada pela Libertadores!

Foi publicado no Painel FC da FALHA de S.Paulo*, que os jogadores do Corinthians tem se queixado do comportamento de Mano Menezes, dizendo que o treinador mudou e passou a ficar mais arrogante, respondendo com ironia, culpando jogadores pelos insucessos e exatando pra si os louros do que resulta de positivo.

Pressionado pela Libertadores, a justificativa pode estar nos bastidores, onde Mano já ouviu que Ronado continua acima do peso e rendendo menos que no ano passado, que Roberto Carlos não corresponde em campo ao peso do jogador de outrora, que a idade do elenco está velha, entre outros problemas.

Iarley é um dos jogadores que mais caiu de rendimento e conhecidos do atleta em Góiás já disseram que ele não está bem com os colegas de elenco do clube, que reclama muito quando erra e é extremamente criticado nos vestiários.

Obviamente que a conversa ocorre apenas na impresa, os setoristas do Corinthians tem tratado o assunto como boato, mas percebem uma tensão forte por resultados, nem tanto pelo paulistão, mas exclusivamente pela Libertadores.

Ronaldo reclama abertamente da concentração. Dentinho já conclama sua titularidade devido aos gols que marca. Souza sobe de rendimento, mas ainda é capaz de jogadas grotescas. Danilo volta antes de estar 100% por conta das críticas ao elenco. Iarley some. Tcheco é uma montanha-russa. RC tem mania de Escudeiro. Chicão falha, erra faltas, some. William deixou de ser o Capita e assim as especulações de crise se ampliam.

Procurei conversar com algumas pessoas no Corinthians sobre o assunto, o que é verdade e o que é mentira da impresa. Nada além de situações isoladas. Mano parece ser o mesmo e o elenco também. De todos, apenas Iarley parou de extender seus treinos, dizem que recebeu pitaco do elenco, mas NINGUÉM confirmou. Boato.

Fato é que amanhã, no jogo pela Libertadores, se ganhar bem, a história toda é adiada, mas se empatar ou perder, os assuntos acima serão a pauta do mês, aí será difícil assistir aos programas esportivos sem ter a vontade de vomitar.

Postar um comentário