11/28/2007

Rezando para todos os santos

Rezei para São Jorge, que ele ilumine nosso time a vencer o dragão da derrota e sairmos do jogo com a princesa da vitória em nossos braços.
 
Rezei para São Felipe, santo protetor dos ataques, contra-ataques, bolas paradas, faltas e escanteios adversários, para sairmos invictos de campo.
 
Rezei para São Finazzi, santo protetor dos excluidos, que mesmo fora de campo, transmita a energia necessária para nossos atacantes acertarem o pé.
 
Rezei para Sâo Nelsinho, santo protetor dos comandantes e comandados, que acerte tudo precisamente, como um relógio suiço.
 
Rezei para Sâo Lulinha, santo protetor dos valorizados, para que todos façam uma excelente partida, digna de encher os olhos dos olheiros do Real Madrid, Barcelona, Chelsea, etc.
 
Rezei para Sâo Roger, santo protetor dos chinelinhos, para que hoje todos eles tenham os lampejos dos melhores momentos no uso das havaianas.
 
Rezei para São Paulinho, santo protetor dos bloggueiros, entregadores e estágiários de jornalismo para que nenhuma meia verdade seja escrita, antes, durante e após a partida.
 
Rezei para São Benjamin, santo protetor dos urubus e cervídeos, para evitarmos a chacota e todo o mal com o velho e bom corintianismo positivo.
 
Rezei para Sâo Citadini, santo protetor dos descontentes e contrariados oposicionistas, para que tudo dê certo no dia de hoje, sem reclamações ou ressalvas.
 
Rezei para São Pai Nilson, pai-de-santo protetor das macumbas e trabalhos para acertar o caminho astral do Timão.
 
Rezei para São Capitão Nascimento, santo protetor dos morros, para que todo torcedor seja tratado como o Papa em visita ao Rio.
 
Rezei para São Pacaembu, não sei bem a finalidade do santo, mas presumo que seja pro adversário tomar na rima!
Postar um comentário