10/13/2010

Enquanto isso na base…

‘Não entendo de negociatas’, diz diretor afastado do Corinthians

A etrevista de Miguel Marques e Silva para o Blog do Perrone, jornalista que já foi responável pelo Painel FC da Folha de São Paulo, mostrou certo rancor e ‘sugeriu’ que o clube possui empresários, diretores e conselheiros com fortes interesses em emplacar apadrinhados.

Inegável que temos um filho de diretor que virou profissional e um filho de conselheiro que disputará a Copa São Paulo, mas será que receberam a benção da conivência ou a graça de ter sobrenomes fortes dentro do clube? Seriam estes os exemplos citados por Miguel para justificar seu afastamento?

Assume em seu lugar, Fernando Alba Braghiroli, que desde o início da gestão de Andrés Sanchez, ocupou o cargo de diretor de esportes aquáticos, tendo como maior êxito o 3° lugar no ranking da CBDA e a contratação dos atletas Thiago Pereira e Poliana Okimoto.

A vida não será fácil, já que a base deixa de treinar em Itaquera, onde a partir de 30 de Outubro deverá treinar no Parque São Jorge até as obras do CT estiverem concluídas, o que deverá ocorrer após a Copa São Paulo. Durante este período ficando bem próximo dos olhos de diretores e conselheiros.

Reformular a base é o objetivo de Andrés Sanchez para 2011 visando revelar novas promessas, algo que tem ocorrido com difícil frequencia no Corinthians.

[Update] Informado sobre a entrevista do seu antecessor, Alba apregoou que isto, se realmente acontece, tem que acabar na sua gestão. “Não conheço ainda o setor a fundo. Mas se existe isso não é mais para existir”, decretou. “O que nós precisamos lá é que a coisa funcione como tem que funcionar, sem ingerência externa”.

Postar um comentário