9/16/2010

Reformulando o estatuto

Enquanto alguns discutem a possibilidade de alteração do estatuto para a reeleição – coisa que atual presidente do Corinthians, Andrés Sanchez já se mostrou totalmente contra – uma alteração do estatuto será bem vinda, visando o planejamento da temporada seguinte ao novo presidente, a antecipação do fim do mandato. Com isso a eleição que estaria prevista para fevereiro seria antecipada em 3 meses coincidindo com o final do Brasileirão, permitindo o novo comandante ter a intertemporada para organizar contratações, renovações e planejar melhor a próxima temporada.

Postar um comentário