9/24/2010

Fazendo a felicidade dos setoristas!

Ele-e-o-cara-Bruno-cesar-e-selecao

Bruno César caiu na armadilha de um periódico e esbravejou a mudança de posicionamento como principal motivo de seu baixo rendimento em campo. A forma que foi abordado o assunto mostrou um atleta descontente e que resolveu falar pela imprensa a falta de diálogo que ele teria com o técnico.

Acho um absurdo que um técnico não tenha contato com seus comandados, que não converse com pelo menos uma vez por semana, que seja, afinal de contas eles passam muito tempo juntos, treinando e se posicionando, simplesmente é improvável pensar que não exista um mínimo de diálogo.

A publicação da entrevista fez refletir no cancelamento da coletiva de Adilson e no desabafo de Iarley e Paulo André que confirmaram o puxão de orelha em Bruno César. A ‘crise’ acabou refletindo a fragilidade de alguns jogadores que ainda não se deram conta do impacto que é falar sem pensar, seja numa resposta manipulada, seja num twitter, seja até em OFF como alguns setoristas adoram citar.

O que me perturba, pois levo a situação com muito humor, são aqueles que usam a notícia como verdade absoluta e começam a caça as bruxas, aí tem gente chutando o balde contra o Bruno César e outros tantos defendendo o atleta e condenando o Corinthians e sua diretoria. Tudo é oportunidade para cornetar ou fazer política.

Acorda gente, quem ainda não percebeu que o Professor Pardal não conseguiu treinar um time igual na sequencia, alguns tem de se sacrificar, seja com dois laterais em campo, seja com o meia fazendo função de zagueiro, lateral ou atacante. O Corinthians tá vencendo, tá chegando lá, pode ser campeão… apesar de ainda ser muito cedo pra afirmar, mas tem perfil.

É pouca coisa pra começar uma crise e iniciar uma guerra entre torcedores. Até parece que o assunto foi proposital para desviar o foco… mas isso é outro assunto!

Postar um comentário