11/30/2009

Ficou pra última…

A decisão do campeonato ficou para a última rodada e acreditem se quiser, o campeão poderá ter um aproveitamento abaixo de 60%!

E a parte que mais revolta, o Corinthians sagraria-se campeão se revertesse apenas 5 derrotas, ou seja, bastava não ter jogado a toalha, bastava o Souza ser 10% do Ronaldo, bastava vontade… me recuso inclusive a citar partidas onde perdemos no “detalhe” ou mesmo na velha situação “já foi pro limbo mesmo”.

Flamengo joga contra o Grêmio, que vai entrar com aquela “vontade” em campo, afinal matemáticamente fora da Libertadores e garantido na sulamericana, alguém aqui acredita que o Grêmio endureceria? Óbvio que vai entrar em campo, que serão profissionais, que até sairia um golzinho pra dar um ânimo nos adversários… mas nada vale para o Grêmio, assim como nada valia para o Corinthians.

O rival torce até por um empate, jogando a última contra o Santo André de Marcelinho Carioca, virtualmente rebaixado e que depende de resultados para se livrar da segundona.

Palmeiras pega o Botafogo, desespero por ambos os lados, pois Palmeiras precisa vencer, torcer para o Inter empatar ou perder e o Flamengo ser derrotado pelo Grêmio, resumindo: A espera de um milagre! Com Love e Muricy, diga-se!

E a parte irônica, o time do 7-3-3 pode até ficar fora da Libertadores, pois se perder também para o rebaixado Sport, restará ao Cruzeiro despachar o Santos para tomar o lugar do queridinho do STJD! Missão difícil, não impossível.

A leitura do campeonato diz que o Flamengo está com as duas mãos na taça, com Pet, Adriano e uma mãozinha do co-irmão, que não entregou, mas também não se esforçou… pra que, não?

Lições deste Brasileirão: Nunca cantar vitória antes do apito final e nunca desistir, ainda que os matemáticos digam o contrário!

Postar um comentário