7/21/2009

Desespero não!

Blog do Torcedor: Não é motivo pra desespero!

[Abaixo a transcrição na íntegra do texto de Yule Bisetto]

A torcida parece ter se conformado com a saída de André Santos, mas a negociação de Cristian pegou a galera de surpresa. Eu entendo a tristeza de muitos e as lamentações. O que eu não tolero é esse desespero geral, o pessimismo que tomou conta da Nação e a falta de critério pra meter o pau na administração.

Em tópicos:

- O Cristian dizia até ontem que não queria sair do Corinthians, que só sairia se fosse para um clube muito melhor, que era Corinthiano, maloqueiro e sofredor. Veja bem, de santo não tem nada: fez muito bem seu papel e a média com o torcedor. Não quer sair, chora, mas sabe que vai ter de ir pra lá pra ganhar dinheiro e sustentar a família;

- E é bom que chore! Mostra o ótimo grupo que temos, o excelente ambiente de trabalho. E mostra que nem os jogadores estão mais tão empolgados assim em ter de sair do país pra ganhar dinheiro. O triste mesmo é a situação geral do futebol, não adianta se revoltar contra atos e pessoas específicas. Muito menos contra o Corinthians;

- As negociações da transferência de Cristian já aconteciam há muito tempo. Ele já era tido como saída certa para a janela de agosto. Desta forma, diretoria, comissão técnica e jogador já deviam ter manifestado o consentimento para que a negociação acontecesse. Só a gente que não sabia, meu povo;

- Jogador NENHUM muda de clube se não quiser e nosso volante deixou bem claro hoje, em meio a lágrimas e soluços, que vai porque quer dinheiro. Se obrigamos a ficar, joga de má vontade;

- Tanto Cristian como André Santos tem 26 anos de idade. O Cruzeiro acaba de vender Ramires, da seleção, no auge de seus vinte anos de idade, por 7,5 milhões de euros e, portanto, por um valor abaixo do nosso volante;

- QUEM era Cristian até ano passado? Reserva do Fabinho? Dispensado pelo Caio Jr? Por algumas reclamações aqui parece que estamos falando do Fenômeno…

- O Corinthians detinha a minoria da porcentagem de ambos os jogadores e, dessa forma, não tinha TAAAANTA voz ativa assim na negociação, levando em conta Flamengo, Atlético, Grupo Sonda, Grupo sei lá o que, Carlos Leite, clube turco, milhões de euros em luvas, comissão para os atletas e salários 50 vezes maior;

- O Corinthians não vendeu nenhum jogador no último ano, o que aumentou a nossa dívida e obrigou nossos dirigentes a abrir negociação dos craques nessa temporada. Todo mundo foi avisado de que perderíamos jogador. Vender ninguém QUER, mas não há muitas opções. E toda administração tem um caixa para fechar;

- Se não contratássemos jogadores fatiados, não teríamos condição de montar nossa equipe;

- Antes de nós mesmos, essa diretoria já deu provas suficientes de que quer vencer a Libertadores do ano que vem. Já conquistou o que prometeu, e já avisou que vai montar elenco. Tem algum crédito aí?

- Nosso técnico Mano Menezes sabia de tudo e deu seu aval. Eu confio.

O QUE PREOCUPA

- Cristian é um baita jogador, fundamental e o que mostra mais raça e determinação;

- Não temos opção na lateral esquerda, depois da venda de M. Oliveira e do empréstimo do Saci. O jovem B. Bertucci está na seleção e contar com Diego improvisado NÃO ROLA;

- Houve planejamento? Quando chegam os substitutos?

- Vão ser divulgadas as informações? Houve transparência? Qual a participação do empresário?

O QUE EU NÃO ENTENDO

- Por que foram embora tão rápido, se a janela nem abriu ainda? Para um time não tão de ponta assim e que atrasa salários? Por que não houve mais negociação?

Moral da história: rolou a proposta, jogadores adoraram, diretoria não queria vender mas não está em posição de recusar; Mano deu o aval. A torcida fica triste, claro! Mas não adianta culpar o presidente só porque o jogador era ídolo e se identificava com a torcida. Não adianta não acreditar mais em nada porque perdemos parte do elenco. E se preparem, mais atletas fundamentais devem sair. É o futebol.

Estou profundamente desapontada com comentários de “time pequeno”, “Adeus, Libertadores” e outras coisas do tipo. Pensei que o nosso clube já tivesse dado provas mais do que suficientes de que é grande, está bem controlado e tem um MEGA PLANEJAMENTO. Esse chororô não é coisa de Corinthiano, francamente.

Fique claro que eu estou triste com a perda, MAS AQUI É CORINTHIANS! Mais alguém aí também vai bater no peito e dizer que tem certeza que vamos brigar por todos os títulos SIM!?! Que somos o melhor clube do Brasil? Que confiamos na nossa equipe? Que somos time grande? Que temos diretoria competente, depois de anos e anos no limbo?

De uma vez por todas:

AQUI É CORINTHIANS, PORRA!

Comentário do Blog: Onde assino? :)

Postar um comentário