8/03/2009

Aviso aos baderneiros e cornetas

Torcida apoiando incondicionalmente o clube = Subir da Série B do Brasileiro liderando de ponta-a-ponta, Paulistão Invicto e Campeão da Copa do Brasil com vaga na Libertadores no ano do centenário.

Torcida cobrando a ‘obrigação’ dos resultados = Eliminação da Libertadores 2006, participação ridícula no Brasileiro de 2006 e queda no ano seguinte.

O Corinthians só conquistou tudo isso pois cada um fez a sua parte, tem que ser deste jeito, técnico é técnico, jogador é jogador, torcedor é torcedor.

Por mais vontade que tenho de literalmente espancar um dirigente, conselheiro, diretor, jogador, etc. partir para a violência gratuita é perder a razão das razões.

Será que um jogador permaneceria num clube a beira de explodir? O que pesaria pro jogador ficar? A recomendação do fenômeno ou a pressão da “torcida” dando cadeirada em dirigente?

Tevez teve seu carro chutado, Edílson quase foi linchado, mas outros jogadores passaram ilesos, como Alexandre Lopes, Rivaldo, Paulo Nunes, etc., porém nenhum deles merecia tamanha ignorância.

Se a torcida jogar com o time, o time joga com a torcida. Ganhamos TUDO este ano e não é a saída de 2 bons jogadores que lamentaremos, o futebol é ciclico, o mundo dá voltas, um pouco de confiança e paciência não fará mal a ninguém.

EU NUNCA VOU TE ABANDONAR. Simples assim.

Postar um comentário