12/26/2012

Enquanto o Pato não vem…

Retrospectiva 2012 do Vertebrais FC!

E o ano do campeão brasileiro de 2011 começou com a votação pelo chapão, herança das administrações anteriores, ficou definida o voto do conselho por chapas. A idéia de definir pequenos grupos foi descartada e o velho chapão prevaleceu.

E a Folha/Uol publicou algo que teve de se retratar.

Enquanto o time não entrava em campo, a campanha #VoltaCristian vazou e o atleta teve que se explicar com o time de origem.

O tarólogo David Lenk previu estresse de Tite e um percentual de 90% de conquistar a Libertadores. Pela primeira vez na história, todos os portais e canais de TV faziam elogios ao elenco do Corinthians.

O Corinthians perde para a Ponte e não vai jogar as semi finais do Paulistão, Julio César é substituído por Cássio. Obrigado Ponte.

Montillo queria vir, mas não veio. O Corinthians ganhou prêmio por ter a camisa mais bonita do mundo pela Subside Sports. A Lusa carimbou a nossa faixa no amistoso. A Hyundai namorou patrocínio. O CORI e o CD foram renovados com novos conselheiros. E finalmente Adriano foi dispensado.

E a Folha/Uol publicou algo que teve de se retratar, de novo.

E a novela Guilherme da Lusa continuou por muito tempo. O Corinthians sem patrocínio, estampou o Magazine Luiza< Fisk, Marabraz e nas finais com a Iveco. Padre Marcelo abençoa camisa e o treinador Tite.

Pacaembú ficou pequeno para a final, ingressos separados para a Conmebol geram discórdia entre torcidas e audiência na TV bate recorde.

Corinthians é campeão invicto da Libertadores!

E a Folha/Uol publicou algo que teve de se retratar, mais uma vez.

Liedson dá adeus e o Corinthians e vai jogar no Flamengo.  Começa a recuperação do Timão no Brasileirão, mas apito amigo freia arrancada. Nova camisa 3 é lançada.

Corinthians faz 102 anos e Arena Corinthians já está com metade das obras concluídas. Ronaldo começa o Medida Certa do Fantástico por modestos R$ 6 milhões para perder peso.

Naufraga promoção Apito Promocional. Palmeiras é rebaixado no Brasileirão e o técnico Felipão ganha a seleção.

A Caixa patrocina o Corinthians, que vence novamente o Campeonato Mundial com uma invasão de torcedores do Corinthians como nunca se viu depois de 77.

Corinthians é bi campeão Mundial de Clubes Fifa.

E a Folha/Uol publicou algo que teve de se retratar, agora publicando uma foto de Guerrero segurando a bandeira do Peru. Ombundsman neles!

É cancelado o Fim do Mundo e a Rádio Rock (89 FM) volta ao ar.

O ano de 2012 foi um ano de muitas alegrias para o torcedor do Corinthians, mas também de muitas irritações com o fim de alguns tabus e partidas que a arbitragem resolveu ajudar o adversário.

O que assistimos foi um time competitivo, que disputou todas as competições, mas que focou a Libertadores e o Mundial, focou e conquistou. Teve audiência, teve recorde, teve invasão, teve paixão, teve Corinthians dominando a mídia.

O resultado deste ano, será visto nos próximos 10 anos. Obviamente que a torcia aumentará pelos títulos, mas não vivemos de títulos, vivemos de Corinthians. É paixão, é religião, é amor!

Queremos um time com raça e com vontade, onde o título é consequência. O resultado de uma equação do bem. Onde a rivalidade está dentro de campo e não fora dele.

Enquanto isso, o ano não terminou e o Pato não veio ainda. Enquanto isso, vamos de porco no rolete mesmo!

Feliz 2013!

Postar um comentário