3/04/2012

Titebilidade posto à prova sem os titulares.

E lá se foi a invencibilidade em jogo que só valia pela rivalidade, afinal continuamos líderes e temos um compromisso mais importante na próxima quarta.

Tite foi pra Vila nitidamente para jogar fechado, sem os principais titulares, pra jogar no contra-ataque.

Deu certo até um erro de Alex, que permitiu Ganso brilhar num passe para Ibson marcar e fazer qualquer torcedor que já pega no pé de Julio César ficar louco!

Tite preferiu não jogar todas as cartas na mesa, pois não estava ali para ganhar e preservou Douglas. Obviamente que o torcedor não quer saber disso, afinal detesta perder.

Vale lembrar da temporada desgastante e apesar de um elenco recheado, a prioridade é a Libertadores. Pensando nisso, Tite está certo.

E não concordo com a maioria dos jornalistas que pregam que o Santos “jogou muito”. Prefiro dizer que o Corinthians fez um bom treinamento, sabemos do problema de criação e não dá pra depositar todas as fichas no Adriano. Fato.

No final, o sufoco de sempre que nas últimas partidas resultou em gol, mas desta vez ficou um sabor amargo, pois era nítido que poderiamos ter saído da vila com um placar mais “amigável”, sem tanta exaltação pro time de branco e sem apontar crises no time de preto.

E agora vamos ao que interessa, afinal quarta feira vem aí!

Postar um comentário