3/12/2012

Não vale quanto pesa!

Adriano-Corinthians-Seedorf-Smirnoff

Adriano deixa Corinthians e rescinde contrato.

Olha Adriano, eu te entendo.

Não é fácil ser chamado de gordo e todos os apelidos pejorativos quando estamos acima do peso.

Pior ainda perder peso, afinal as duras custas consigo me livrar de 1,5kg numa semana antes daquele churrasco com cerveja entre amigos no próximo final de semana.

Eu sei, é matador. Fico lembrando daquela picanha no alho do churrasqueiro quando todos encheram a pança. Ainda sobra espaço pra torta holandesa.

Como falei, eu te entendo.

Outra, jogar num clube que não é o nosso, é coisa de algum gordo filho de uma p…, não? Alias, não sei os motivos, mas a imagem do Ronaldo me veio a cabeça.

É uma merda ver a turma de lá gastando uma mala de dinheiro pra manter o Ronaldinho, contratar o Love e dar calote no Deivid, mas tudo bem, a Gávea é o seu lar e eu entendo seu desejo. Quer voltar, né?

Aqui não tem praia, não tem a mesma farra das favelas de lá, não tem baile funk, não tem jegue e anão em orgia, não tem puta se amarrando em árvore, não tem uma diretoria que aperta o foda-se só pelo motivo de alguém levar o nome de imperador.

Mais do que entender, eu te compreendo.

Eu também não teria comprometimento, ainda mais se o técnico quisesse me trollar na frente dos companheiros me pedindo para provar que eu estaria com 100Kg… em cada lua que faz a orbita de seu corpo.

Olha imperador, você já é rico, tem tudo o que poderia sonhar em ter, por isso não perca seu tempo – e o de outros tantos torcedores – dando a esperança que você vai ser uma fênix tal qual foi Ronaldo.

Veja a quantidade de pessoas que pedem sua volta no http://www.voltaadriano.com.br, não representam nem 0,006% da torcida rubronegra. E acredite, tem mais voto de torcedor do Corinthians ali do que de algum Flamenguista.

Espero que você me entenda tanto quanto eu te entendo, pois minha vontade é de realmente falar poucas e boas, mas sei que você está andando e cagando, portanto não perderei meu latim.

E se for tocar fogo em Roma, não chame ninguém do Corinthians, ok?

Postar um comentário