1/12/2012

Desinformação, aqui não!

novascontratacoesdotimao

O Lance! publicou hoje em sua coluna De Prima, sobre quebra por parte do Corinthians do contrato coletivo negociado pelo G4 com a Femsa.

A coluna apurou que a violação ocorreu depois da Femsa pagar a cota aos quatro grandes clubes paulistas.

Porém a informação não é a correta, não foi o Corinthians que quebrou o acordo, mas justamente o contrário, não houve recisão de contrato, apenas o descumprimento da cláusula de exclusividade.

A Femsa quebrou o acordo e foi notificada pelo clube. O acordo com a Ambev está amparado pelo departamento jurídico do Corinthians. O clube não deixou de comercializar as cervejas da Femsa.

Enquanto isso, nas redes sociais, candidatos da chapa pró-corinthians são parabenizados por uma de suas propostas ter sido executada antes mesmo de ganhar a eleição.

Sócios comemoraram, pois agora terão outras opções de beber “cerveja de verdade”, sem ficarem reféns da Kaiser, da Bavaria e da Heineken.

Postar um comentário