8/01/2008

Trauma do cotovelo

Com a janela de transferencias aberta, todo o tipo de notícia pipoca nas rodas de conversa que formarão as matérias das próximas horas. E tem de tudo... Apenas pra citar dois casos: Love no Palmeiras, no Flamengo, no Corinthians. William no São Paulo, no Corinthians, no Fluminense.
 
Love volta pro Brasil na seguinte condição: O clube deve pagar um salário acima dos R$ 180 mil e negociar seu empréstimo com o CSKA, visto que o valor estipulado para venda do jogador é de US$ 12 mi, baseado nisso, dificilmente o empréstimo será gratuito, o clube precisará cometer uma certa dose de loucura. William volta em condições parecidas, o salário mais baixo e o valor para compra mais alto, mas também é complicado o Shaktar liberar o jogador "de grátis".
 
Aí lhes pergunto? Quem são os interessados? Será que o Flamengo tem essa bala na agulha pra levar o Love? E o São Paulo pra levar o menino William? Aí que desconfio quando aparecem tais interessados, pois efetivamente, milagres só acontecem quando o atleta, seu empresário e as pessoas que nele investem aceitarem um breve momento de stant-by em sua aplicação, visando uma rentabilidade maior no futuro. Acredito que isso explica muita coisa no que se noticia sobre William, São Paulo e Corinthians.
 
A verdade virá com o tempo, o senhor da razão.
Postar um comentário